<
>

Neymar no Livro dos Recordes: gol mais rápido da Olimpíada, mais tardio das Copas

Neymar comemora ao fazer o gol da vitória do Brasil sobre a Costa Rica na Copa do Mundo da Rússia Getty

O gol de Neymar, que selou a vitória por 2 a 0 da seleção brasileira sobre a Costa Rica, nesta sexta-feira, pela segunda rodada do grupo E da Copa do Mundo da Rússia, pode parar no Livro dos Recordes: foi o gol mais tardio da história dos Mundiais.

Segundo a marcação oficial da Fifa, o gol foi marcado aos 96min49. Além de ultrapassar Romário na artilharia histórica do Brasil, ficando atrás apenas de Pelé e Ronaldo, o gol na Rússia superou o tento do nigeriano Daniel Amokachi, aos 94min35, na vitória por 2 a 0 sobre a Grécia na Copa de 1994, nos EUA.

Neymar já está no Guinness Book, o famoso Livro dos Recordes, por dois feitos. Ele é o jogador mais caro da história do futebol e, curiosamente, ao contrário do que aconteceu contra a Costa Rica, ele é o autor do gol mais rápido da Olimpíada. O lance aconteceu na semifinal contra Honduras, quando o atacante precisou de 14 segundos para abrir o placar nos Jogos do Rio.