<
>

Maior que a Espanha? Negócios do Real Madrid ofuscam até seleção antes da Copa do Mundo

Quarta-feira, véspera da abertura da Copa do Mundo, e só se fala em uma coisa no planeta futebol: Real Madrid.

Os negócios do clube roubaram a cena nos últimos dias - minutos? - e ganharam as manchetes por todo o mundo.

Veja, abaixo, como o Real - e suas movimentações no mundo da bola - ofuscaram até mais que a seleção espanhola, mas também a Copa do Mundo:

Cristiano Ronaldo

“Foi muito bonito jogar no Real Madrid, nos próximos dias darei uma resposta aos torcedores, estes sim que sempre estiveram ao meu lado”, disse o craque, ao microfone da Bein Sports, instantes aoós a conquista da Uefa Champions League.

Nesta quinta-feira ele vai falar na entrevista coletiva um dia antes da estreia de Portugal na Copa, contra a Espanha. A primeira pergunta será: "e aí, Ronaldo?" Alguém duvida?

Lopetegui, novo técnico para lá, ex para cá

O Real anunciou Julen Lopetegui, então técnico da seleção espanhola na Rússia, como o substituto de Zinedine Zidane no comando da equipe.

Menos de 24h depois do anúncio, a RFEF (Real Federação Espanhola de Futebol), que não sabia das negociações, demitiu o treinador há dois dias da estreia no Mundial.

Hierro, o técnico na Copa

Minutos depois da demissão, Fernando Hierro foi anunciado como o técnico da Espanha na Rússia.

Curiosamente, a carreira de Hierro, um dos principais nomes do futebol espanhol nos anos 90, está extremamente ligada... ao Real.

Ele defendeu o clube entre 1989 e 2003, ganhando 16 títulos, entre eles 5 de LaLiga e 3 da Champions League, além de 3 Mundial Interclubes.

Sua carreira como técnico começou justamente no Real, como assistente técnico de Carlo Ancelotti. Na época, ele substituiu Zidane, que saíra do cargo para assumir o Real Madrid Castilla, o time B merengue.

Efeito Brasil

Vinícius Júnior aos prantos se despedindo do Flamengo foi uma das imagens mais marcantes dos últimos dias do futebol nacional. Negociado em 2017 por 45 milhões de euros para o Real, ele deve se apresentar ao clube merengue no dia 12 de julho,

Já outra promessa do país, o atacante Rodrygo, do Santos, está perto de um acerto com o Real. Os jornais espanhóis já cravam a negociação, em valores que giram perto dos 45 milhões de euros (cerca de R$ 198 milhões, pelas cotações atuais).

Vem mais por aí

Ronaldo fica? Gareth Bale sai também? Um novo goleiro para o lugar de Keylor Navas? Sadio Mané na mira? A novela De Gea terá novos capítulo? Robert Lewandowski será o novo 9?

Os rumores antes mesmo da Copa estão rondando cada vez mais o Real. E o clube, ao que parece, não está muito conectado com a Rússia-2018. Afinal, seus negócios estão maiores do que o Mundial em si.