<
>

São Paulo: Nenê só teve fase artilheira melhor em duas temporadas na carreira

Prestes a completar 37 anos, Nenê vive grande fase pelo São Paulo. Na noite dessa terça-feira, o camisa 7 comandou a equipe em mais um triunfo na temporada e se isolou como artilheiro do elenco tricolor em 2018, agora com 10 gols, seis deles registrados nos últimos cinco jogos que esteve em campo. Como chegou a marcar um gol pelo Vasco antes de se transferir para o clube do Morumbi, o veterano soma 11 gols desde sua estreia no ano. Foram necessários quatro meses e 25 dias para Nenê alcançar a atual marca pelo tricolor.

Os números chamam atenção e ganham peso diante de uma análise da carreira do meia, afinal, Nenê, que foi promovido ao futebol profissional em 2000, quando ainda defendia o Paulista de Jundiaí, só viveu um início de temporada melhor em duas oportunidades: 2010 e 2016.

Com a camisa do Paris Saint-Germain, a estrela são-paulina foi às redes 20 vezes na temporada 2010/2011. Seus 11 primeiros gols à época, exatamente a marca que ostenta hoje, saíram nos quatro primeiros meses, entre 28 de julho e 28 de novembro de 2010. O décimo gol pelo PSG naquele ano aconteceu dia 14 de novembro, período também menor do que os quatro meses e nove dias que Nenê precisou para registrar seus 10 gols pelo São Paulo.

Na temporada anterior, 2009/2010, Nenê fez 15 gols pelo Monaco, mas anotou o 11º pouco depois de cinco meses de sua estreia, ou seja, acabou sendo levemente ‘pior’ em comparação com 2018. Entretanto, destaca-se que se calcularmos de novo apenas os 10 gols defendendo o São Paulo, a mesma marca pelo clube francês veio antes, no intervalo entre 8 de agosto a 5 de dezembro de 2009.

Pelo Vasco, Nenê foi ainda mais arrebatador na temporada de 2016. Depois de estrear dia 31 de janeiro, o jogador bateu a na marca dos 11 gols dia 24 de maio. Aliás, na mesma partida o 12º tento também saiu. A fase artilheiro de Nenê naquele ano o fez chegar na primeira dezena de gols dia 14 de maio.

Com uma carreira tão longa quanto vitoriosa, o que Nenê tem feito até aqui defendendo o São Paulo já é histórico, e pode se tornar ainda mais relevante com o complemento da temporada, ainda longe do fim.

Segundo o site de estatísticas Ogol, Nenê fez mais do que 11 gols em uma temporada apenas quatro vezes: 15 gols pelo Monaco em 2009/2010; 20 gols pelo PSG em 2010/2011; 27 gols pelo PSG em 2011/2012; e 21 gols pelo Vasco em 2016.

Nas temporadas de 2003 e 2017, quando defendeu Santos e Vasco, respectivamente, Nenê igualou a marca de 11 gols, mas não passou disso. No quesito artilharia, seus gols em 2018 já garantem a atual temporada como melhor do que outras 12 ao longo de sua carreira profissional no futebol.

Pelo São Paulo, são seis gols no Campeonato Brasileiro, além de dois no Campeonato Paulista e outros dois na Copa do Brasil, competições estas que o tricolor já não disputa mais. Aliado a isso, graças a três assistências, nenhum outro atleta do elenco de Diego Aguirre participou mais do que Nenê, de forma direta, em gols da equipe: 13.

“É o lucro (a fase artilheira), porque minha função é de assistência, de dar passe para gol, mas fico feliz de estar podendo ajudar também nesse quesito o time, sempre faço meus golzinhos, mas o mais importante é o São Paulo estar bem. Felicidade em dobro, digamos assim”, comentou o matador tricolor, exaltado pelo técnico uruguaio após os dois gols em cima do Vitória.

“Um jogador excelente, que está em alto nível. E isso é um exemplo para os meninos, para todos os jogadores, porque com (quase) 37 anos não é fácil ser a diferença e estar nessa fase tão boa. Ele é muito competitivo, tem muita vontade e está merecendo o que está vivendo. Tomara que possa manter esse nível”.

Confira os jogos em que Nenê marcou gol em 2018:

24/01 – Cabofriense 2 x 1 Vasco – 1 gol
07/02 – São Paulo 1 x 0 Bragantino – 1 gol
15/02 – CSA 0 x 2 São Paulo – 1 gol
25/03 – São Paulo 1 x 0 Corinthians – 1 gol
19/04 – São Paulo 2 x 2 Atlético-PR – 1 gol
27/05 – América-MG 1 x 3 São Paulo – 2 gols
30/05 – São Paulo 3 x 2 Botafogo – 1 gol
09/06 – Atlético-PR 0 x 1 São Paulo – 1 gol
12/06 – São Paulo 3 x 0 Vitória – 2 gols