<
>

Vasco tenta embalar em visita ao empolgado Internacional

O Vasco visita o Internacional nesta quarta-feira, às 21h45(de Brasília), no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, em um duelo entre dois times que querem embalar.O Colorado vem de um triunfo de 2 a 1 como visitante sobre o Santos e aparece na quinta posição com 19 pontos, o que vai lhe garantir, em caso de triunfo, ir para o recesso da Copa do Mundo no G-6, a zona de classificação para a Copa Libertadores.

O Cruz-Maltino, que ainda convive com a desconfiança de seus torcedores e aparece com 15 pontos na décima posição, ganhou novo fôlego com os 3 a 2 aplicados no Sport, em casa, e pretende ter mais tranquilidade no longo período de treinos.

Os vascaínos sabem a importância de ganhar este jogo no atual momento do time.“Contra o Sport a torcida apoiou a maior parte do tempo e a minha gratidão por isso é enorme. Contra o Internacional vamos precisar de mais um bom resultado porque queremos manter uma pegada de crescimento. Mas sabemos das dificuldades de se jogar no Sul. Portanto, o nosso pensamento é o de lutarmos muito, somarmos alguns pontos e irmos com mais tranquilidade para o recesso”, disse o técnico Jorginho.

Odair Hellmann, comandante do Inter, também vê a vitória como fundamental.“O Internacional vem conseguindo produzir bem em campo e obtido bons resultados, o que nos deixa confiantes para esta partida contra o Vasco, mesmo reconhecendo que será um duelo muito complicado”, declarou o treinador.

Apesar da empolgação por causa do triunfo contra o Santos, os colorados sabem que o bom resultado obtido no fim de semana vai cair por terra em caso de tropeço no Rio Grande do Sul. “Não adianta de nada ganhar do Santos na Vila Belmiro e perder em casa para o Vasco, sem nenhum demérito ao time adversário e sua grandeza. Mas não podemos perder pontos diante de nossa torcida, pois aí o peso do triunfo longe de casa cai significativamente”, destacou o atacante Leandro Damião.

Em relação à expectativa para o jogo, os vascaínos esperam uma forte pressão. “O Vasco sabe que não é nada fácil enfrentar o Internacional jogando no Rio Grande do Sul e por isso mesmo a nossa expectativa é a de um duelo muito complicado, com o adversário tomando a iniciativa do jogo e tentando nos acuar em nosso campo. Não podemos aceitar isso de forma passiva, pois aí vamos facilitar as coisas e criar ainda mais problemas. É preciso ter inteligência para ganhar um jogo desse. Se defender de maneira eficiente, mas buscando sempre o gol, mostrando que o nosso objetivo também é a conquista dos três pontos”, afirmou o lateral Yago Pikachu, que vem jogando improvisado no meio.

Para este jogo os dois times têm problemas. Suspenso, o volante Edenílson desfalcará o time vermelho no confronto do meio da semana. Camilo, Gabriel Dias e Charles disputam uma vaga no meio-campo.

A outra dúvida fica por conta do goleiro Danilo Fernandes que levou uma pancada na cabeça numa disputa com o zagueiro Rodrigo Moledo na partida diante do Santos. Caso não possa atuar, em seu lugar deve iniciar Marcelo Lomba, que havia sido liberado no último final de semana para resolver questões pessoais e Daniel entrou no segundo tempo. Zeca, Juan Alano e D´Alessandro, lesionados, só ficam à disposição após o término do Mundial da Rússia.

No Vasco, a zaga é a preocupação. Paulão não pode atuar porque tem os direitos federativos ligados ao Inter, enquanto que Ricardo, seu companheiro, está suspenso por acúmulo de cartões amarelos. Assim, Luiz Gustavo, que vinha atuando de forma improvisada na lateral direita, volta para formar a zaga com o equatoriano Frikson Erazo e Rafael Galhardo retorna à lateral direita.

Por causa da ótima campanha no Brasileirão, a direção do Inter tem a expectativa de receber um público de mais 30 mil torcedores no Beira-Rio. Na última vez que se enfrentaram em 2015 o Colorado aplicou uma goleada de 6 a 0 sobre os vascaínos.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL X VASCO

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data: 13 de junho de 2018 (Quarta-feira)

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Rogério Pablos Zanardo (SP)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba (Danilo Fernandes), Fabiano, Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago, Rodrigo Dourado, Patrick, Camilo (Gabriel Dias) Lucca, William Pottker e Leandro Damião.

Técnico: Odair Hellmann

VASCO: Fernando Miguel, Rafael Galhardo, Luiz Gustavo, Frikson Erazo e Henrique; Leandro Desábato, Andrey, Bruno Cosendey, Yago Pikachu e Giovanni Augusto; Andrés Rios

Técnico: Jorginho