<
>

Sporting herda vaga direta do Desportivo Aves na Liga Europa, mesmo após ser derrotado na Taça de Portugal

No último domingo, o Desportivo Aves conseguiu a proeza de vencer o Sporting na final da Taça de Portugal por 2 a 1 e de ter a possibilidade de participar pela primeira vez em sua história da Uefa Europa League. O sonho, contudo, virou pesadelo.

Segundo noticia nesta segunda-feira o jornal português Record, a pequenina equipe da freguesia de Vila das Aves não cumpriu com os requisitos necessários para obter o licenciamento junto da Federação Portuguesa de Futebol, indispensável para sua classificação ao torneio continental.

Com isso, o Desportivo Aves perdeu sua vaga direta à Liga Europa para o próprio Sporting, quem ele venceu na decisão do mata-mata nacional, por ter sido o terceiro colocado do Campeonato Português.

O Rio Ave, quinto, herdou um espaço na 2ª fase prévia, enquanto que o Braga, quarto, vai para 3ª fase prévia - uma antes da de grupos.

O Desportivo Aves fez campeonato seguro em Portugal e terminou na 13ª colocação, com 34 pontos, em seu primeiro ano após o retorno à elite - ficou 11 anos na divisão de acesso.

O time que disputou a final teve entre os brasileiros titulares o lateral-direito Rodrigo Soares, o zagueiro Diego Galo, e os atacantes Amilton Silva e Nildo Petrolina, todos, praticamente, desconhecidos no Brasil. Do banco, saíram o zagueiro Jorge Fellipe e o meia Cláudio Falcão. Quem também faz parte do elenco é o renomado goleiro Artur Moraes, ex-Benfica, Cruzeiro e Chapecoense.