<
>

Bandeira diz que Flamengo está perto de acordo com o Maracanã

Segundo o presidente Eduardo Bandeira de Mello, o Flamengo está perto de fechar um acordo com o estádio do Maracanã. O mandatário rubro-negro disse que a diretoria do clube está perto de aprovar o novo pacto de quatro anos, que ainda tem de passar pela avaliação do conselho deliberativo.

“Estamos em vias de fechar um contrato com o Maracanã de mais longo prazo, seriam quatro anos, com condições melhores do que o que nós temos hoje. Longe do ideal ainda”, disse Bandeira ao Seleção Sportv. “Esse contrato vai ser melhor que as condições que nós temos hoje. Vamos ter obrigações e direitos, porém essas condições ainda vão estar longe do ideal. O ideal a gente só vai conseguir depois da nova licitação, depois que o Flamengo puder se habilitar como concessionário, e aí inclusive fazer intervenções no Maracanã”.

No entanto, o presidente esclareceu que o acordo ainda precisa de aprovação do conselho deliberativo do Flamengo. “Esse contrato só vai valer depois que ele for aprovado pelo conselho deliberativo do clube”, disse. “Nós estamos na fase final de fechamento dessas condições a nível de diretoria, ainda, para que possa ser levado ao conselho”.

A declaração de Bandeira vem logo depois do Flamengo receber e vencer o Internacional com o Maracanã lotado. No último domingo, diante de mais de 60 mil torcedores, o time venceu o Colorado por 2 a 0 e assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro.

Novo técnico não é prioridade

Bandeira de Mello também comentou sobre a situação do técnico interino Maurício Barbieri. O treinador assumiu o time depois da demissão de Paulo Cesar Carpegiani e lidera o Brasileirão após quatro rodadas.

“O Flamengo, quando contratou o Maurício Barbieri lá atrás, o contratou para ser o treinador da nossa comissão técnica permanente. Ela é acionada nos lapsos entre um treinador e outro para evitar que quando chegue um treinador no Flamengo, chegue levando aquela trupe toda”, disse. “O Maurício foi acionado na hora que saiu e agora está indo muito bem. (…) Nós não temos nenhuma pressa para definir um treinador de renome. Provavelmente vamos investir a curto prazo na contratação de um coordenador técnico”.