<
>

Sem Cristiano Ronaldo, Real Madrid vence Málaga graças à 'lei do ex' e assume terceira colocação na LaLiga

Nem mesmo a ausência de Cristiano Ronaldo atrapalhou o Real Madrid neste fim de semana. A equipe merengue visitou o Málaga e venceu por 2 a 1, assumindo a terceira colocação na tabela da LaLiga. Isco, ex-jogador do time de La Rosaleda, abriu o marcador, dando assistência para o gol de Casemiro. Rolán diminuiu para os mandantes.

O resultado leva os comandados de Zidane aos 67 pontos, dois a mais que o Valencia, quarto colocado, e quatro atrás do Atlético de Madri, vice-líder. Já o Málaga segue na última colocação, com 17 pontos, próximo do rebaixamento para a segunda divisão espanhola.

O JOGO

Após a classificação na Champions League, o Real entrou em campo buscando o resultado positivo desde o início. Aos 15 minutos, Kovacic recebeu cruzamento da direita e cabeceou para boa defesa de Jiménez.

O Málaga respondeu em seguida. Seis minutos depois, Chory Castro bateu de primeira após cruzamento, mas isolou a bola e desperdiçou boa chance.

Aos 28, saiu o primeiro gol do jogo. Em falta na entrada da área do Málaga, Isco aproveitou para bater com maestria e abrir o marcador em La Rosaleda. O jogador, que atuou pela equipe antes de chegar ao Real, não comemorou o tento.

Em desvantagem no placar, os mandantes partiram para cima. Com 41 minutos, González cobrou falta na entrada da área e a bola passou perto da meta de Navas. Dois minutos depois, Casemiro perdeu a bola na intermediária, deixando Iturra em boa posição para chutar. O goleiro costarriquenho fez grande defesa para evitar o empate.

Na volta para a segunda etapa, o Real manteve o controle da partida, ampliando o placar. Aos 17, após bela jogada, Isco encontrou Casemiro dentro da área. O brasileiro teve apenas o trabalho de concluir para o gol, marcando o segundo da equipe merengue na partida.

O Málaga ainda tentou diminuir após o segundo gol. Aos 35, Após erro na saída de bola do Real, Chory Castro recuperou a bola e chutou colocado, passando com perigo na meta de Navas. E, já nos acréscimos, a pressão surtiu efeito. Aos 47, após cruzamento da esquerda, Vallejo falhou, com a bola sobrando para Rolán apenas deslocar do goleiro e diminuir para a equipe da casa, dando números finais ao jogo.

Na próxima rodada, o Real Madrid receberá o Athletic Bilbao na próxima quarta, enquanto o Málaga visita o Levante em confronto direto contra o rebaixamento na próxima quinta.