<
>

Dono do Olympiacos se irrita e dá férias a jogadores para colocar atletas da base: 'Eles que amam o clube'

Ocupando atualmente apenas a quarta colocação do Campeonato Grego, o Olympiacos vem em temporada atípica para sua história e isso fez com que seu dono e presidente, Evangelos Marinakis, explodisse com seus jogadores.

Segundo informações da agência de notícias AFP, o milionário mandou todos os atletas para as férias para que os jovens das categorias de base terminem o certame, que tem só mais quatro rodadas a serem disputadas - o título, contudo, ainda é possível, já que são seis pontos de diferença para o líder AEK.

A publicação ainda revelou, com a ajuda de fontes de dentro do clube grego, o que Marinakis teria dito a seus atletas após o empate em 1 a 1 com o Levadiakos, que deixou o Olympiacos um pouco mais longe de levantar o caneco.

"Vocês só pensam nas casas bonitas em que vivem e nos carros. O clube não preocupa vocês. Os jogadores das categorias de base que amam o clube e os torcedores muito mais do que vocês. Pago milhões para que tenham tudo. Despedi três treinadores por causa de vocês, mas, afinal, parece que vocês é que são os culpados", teria dito o presidente.

Além das férias com um mês de antecedência, Marinakis também multará os atletas em 400 mil euros (R$ 1,6 milhão) pelos maus resultados.

"Reconstruirei o Olympiacos do zero. Eu e os torcedores já aguentamos bastante...", detonou.

Apesar de desconhecido no Brasil, Evangelos Marinakis é uma figura bastante polêmica na Europa. Além do time de Atenas, ele também é dono do Nottingham Forest, equipe bicampeã da Uefa Champions League e atualmente na segunda divisão do Campeonato Inglês.

Recentemente, ele foi acusado de transportar e contrabandear 2,1 toneladas de heroína. Também tem acusações de ilegalidades monetárias e três de seus sócios mais próximos aparecem em inquéritos da polícia local.