<
>

Weverton, Rodrigo Caio e Taison: como seria lista da Copa pelo número de convocações de Tite

Os 25 jogadores convocados para os amistosos contra Rússia e Alemanha integraram a nona lista de Tite desde que ele assumiu a seleção brasileira, em junho de 2016. Desde então, foram 63 atletas chamados, sendo que apenas quatro não ficaram fora de nenhuma lista.

Se a assiduidade fosse o principal critério para a definição do elenco para a Copa do Mundo, nenhum atleta com menos de seis aparições estaria na Rússia. Entre os mais presentes, contudo, estão nomes que hoje já tem pouco prestígio, como o goleiro Weverton.

As únicas unanimidades do treinador, com presença em todas as nove convocações desde junho de 2016 são os meio-campistas Paulinho, Philippe Coutinho, Renato Augusto e Willian. Já Neymar ficou fora da lista duas vezes, incluindo a desta segunda, por sua lesão.

No gol, os três nomes mais chamados por Tite são Alisson, com oito chamados e praticamente assegurado no Mundial, e Ederson, também prestigiado, com seis. Weverton tem as mesmas seis presenças, mas não figurou em nenhuma das listas mais recentes de Tite.

Nas laterais, quatro atletas apareceram mais – Daniel Alves, Marcelo, Fagner e Filipe Luis –, com oito chamados cada, contudo, apenas os dois primeiros têm vaga carimbada na Rússia. Alex Sandro, por exemplo, foi convocado três vezes, mas deve estar na lista final.

Já na zaga, os três jogadores com convocação encaminhada são também os mais assíduos: Marquinhos, Miranda e Thiago Silva, com oito chamados cada. O companheiro deles, pelo número de aparições, seria Rodrigo Caio, com seis, o dobro, por exemplo, de Geromel, três.

No meio-campo, além dos quatro que não ficaram de fora de nenhuma lista de Tite, seriam convocados por assiduidade: Casemiro e Fernandinho, com oito chamados, e Giuliano, sete.

Já no ataque, o atleta com mais convocações é Gabriel Jesus, com oito, uma a mais que Neymar e também Roberto Firmino, que apareceram em sete listas. Completariam os 23 chamados nesse critério, os seis vezes lembrados Douglas Costa e Taison.

--- Veja como ficaria a seleção brasileira por número de convocações de Tite:

Goleiros: Alisson (Roma-ITA), Ederson (Benfica-POR/Manchester City-ING) e Weverton (Atlético-PR/Palmeiras)

Defensores: Dani Alves (Juventus-ITA/PSG-FRA), Fagner (Corinthians), Filipe Luis (Atlético de Madrid-ESP), Marcelo (Real Madrid-ESP), Marquinhos (PSG-FRA), Miranda (Internazionale-ITA), Rodrigo Caio (São Paulo) e Thiago Silva (PSG-FRA)

Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid-ESP), Fernandinho (Manchester City-ING), Giuliano (Zenit-RUS/Fenerbahce-TUR), Paulinho (Barcelona-ESP), Philippe Coutinho (Liverpool-ING/Barcelona-ESP), Renato Augusto (Beijing Guoan-CHN) e Willian (Chelsea-ING)

Atacante: Douglas Costa (Bayern de Munique -ALE/Juventus-ITA), Roberto Firmino (Liverpool-ING), Gabriel Jesus (Manchester City-ING), Neymar (Barcelona-ESP/PSG-FRA) e Taison (Shakhtar Donetsk-UCR)

--- Veja todos os 63 jogadores já convocados por Tite:

Goleiros (9)
Alex Muralha – Flamengo/Albirex Niigata-JAP: 3 convocações
Alisson – Roma-ITA: 8 convocações
Cássio – Corinthians: 3 convocações
Danilo Fernandes – Internacional: 1 convocação
Diego Alves – Valencia-ESP/Flamengo: 1 convocação
Ederson – Benfica-POR/Manchester City-ING: 6 convocações
Marcelo Grohe – Grêmio: 1 convocação
Neto – Valencia-ESP: 1 convocação
Weverton – Atlético-PR/Palmeiras: 6 convocações

Defensores (22)
Alex Sandro – Juventus-ITA: 3 convocações
Daniel Alves – Juventus-ITA/PSG-FRA: 8 convocações
Danilo – Manchester City-ING: 2 convocação
David Luiz – Chelsea-ING: 1 convocação
Fábio Santos – Atlético-MG: 2 convocações
Fagner – Corinthians: 8 convocações
Filipe Luis – Atlético de Madri-ESP: 8 convocações
Gil – Shandong Luneng-CHN: 5 convocações
Jemerson – Monaco-FRA: 4 convocações
Jorge – Flamengo/Monaco-FRA: 1 convocação
Luan – Vasco/Palmeiras: 1 convocação
Marcelo – Real Madrid-ESP: 8 convocações
Marcos Rocha – Atlético-MG/Palmeiras: 1 convocação
Mariano – Sevilla -ESP/Galatasaray-TUR: 1 convocação
Marquinhos – PSG-FRA: 8 convocações
Miranda – Inter de Milão-ITA: 8 convocações
Geromel – Grêmio: 3 convocações
Rafinha – Bayern de Munique-ALE: 1 convocação
Rodrigo Caio – São Paulo: 6 convocações
Thiago Silva – PSG-FRA: 8 convocações
Vitor Hugo – Palmeiras/Fiorentina-ITA: 1 convocação
Wendell – Bayer Leverkusen-ALE: 1 convocação

Meio-campistas (20)
Anderson Talisca – Besiktas-TUR: 1 convocação
Arthur – Grêmio: 1 convocação
Camilo – Botafogo/Internacional: 1 convocação
Casemiro – Real Madrid-ESP: 8 convocações
Diego – Flamengo: 4 convocações
Fernandinho – Manchester City-ING: 8 convocações
Fred – Shakhtar Donetsk-UCR: 2 convocação
Giuliano – Zenit-RUS/Fenerbahce-TUR: 7 convocações
Gustavo Scarpa – Fluminense/Palmeiras: 1 convocação
Henrique – Cruzeiro: 1 convocação
Lucas Lima – Santos/Palmeiras: 5 convocações
Oscar – Chelsea-ING/Shanghai SIPG-CHN: 1 convocação
Paulinho – Barcelona-ESP: 9 convocações
Philippe Coutinho – Liverpool-ING/Barcelona-ESP: 9 convocações
Rafael Carioca – Atlético-MG/Tigres-MEX: 2 convocações
Renato Augusto – Beijing Guoan-CHN: 9 convocações
Rodriguinho – Corinthians: 2 convocações
Walace – Grêmio/Hamburgo-ALE: 1 convocação
Willian – Chelsea-ING: 9 convocações
Willian Arão – Flamengo: 1 convocação

Atacantes (12)
Diego Souza – Sport/São Paulo: 4 convocações
Diego Tardelli – Shandong Luneng-CHN: 1 convocação
Douglas Costa – Bayern de Munique-ALE/Juventus-ITA: 6 convocações
Dudu – Palmeiras: 2 convocações
Roberto Firmino – Liverpool-ING: 7 convocações
Gabriel – Santos: 1 convocação
Gabriel Jesus – Manchester City-ING: 8 convocações
Luan – Grêmio: 2 convocações
Neymar – Barcelona-ESP/PSG-FRA: 7 convocações
Robinho – Atlético-MG/Sivasspor-TUR: 1 convocação
Taison – Shakhtar Donetsk-UCR: 6 convocações
Willian José – Real Sociedad-ESP: 1 convocação