<
>

Mercedes nega problema com embreagem na largada de Bottas

No último domingo, Valtteri Bottas largou na pole-position no Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1, mas logo na largada, viu seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, assumir a ponta e avançar para a vitória. Após a prova, o finlandês justificou a perda de posição dizendo que seu carro teria apresentado um problema de embreagem, possibilidade essa que foi descartada pela Mercedes nesta quarta-feira.

De acordo com Andrew Shovlin, engenheiro de corrida da equipe, o problema tem mais a ver com a aderência do pneu com a pista.

“Achamos que foi um problema de aderência do lado dele. Se você olhar para as corridas preliminares, aconteceu mais vezes de o cara da segunda posição ou até terceiro e quarto ter uma largada melhor do que o pole-position. Esse é um dos elementos. As rodas giram um pouco em falso, então as rodas estão escorregando, a embreagem está escorregando, há um pouco de interação”, disse, em declarações ao Motorsport.

No entanto, o engenheiro preferiu não cravar a informação, e garantiu que a Mercedes ainda estudará com mais calma o incidente.

“Vamos pegar os dados e dar uma boa olhada neles esta semana para entender o que aconteceu. No momento, pensamos primeiro no número um problema de aderência e não um problema com o carro”, completou.