<
>

Como os videogames retrataram os 10 anos de futebol de Neymar

Em 2019, o brasileiro Neymar Jr. está completando 10 anos de carreira profissional. Polêmico dentro e fora de campo, o brasileiro é considerado o melhor de sua geração, responsável por lances geniais com as camisas do Santos, Barcelona, Paris Saint-Germain e Seleção Brasileira.

A carreira de Neymar coincidiu com a ascensão dos simuladores de futebol, FIFA e Pro Evolution. Ao longo dos anos, as duas franquias deram destaque ao jogador brasileiro, que teve uma aparição meteórica em nosso país, brilhou na Espanha e buscou o protagonismo na França.

Como FIFA e PES traduziram Neymar em seus jogos? A verdade é que o jogador ganhou seu espaço e figura entre os melhores do mundo. Vamos à evolução.

Sem time em sua estreia em PES, Neymar teve em sua carreira no game da Konami o Drible como maior atributo. Em PES 2014 alcançou seu auge, com rating de 95. Voltou a se destacar bastante em PES 2019, com rating 94.

FIFA 10 foi o primeiro jogo da franquia com Neymar, que já tinha o Drible como seu principal atributo. No game seguinte, em ascensão no Santos, o atacante teve um salto de qualidade em atributos importantes para um ponta: Dribles, Aceleração e Agilidade.

Em FIFA 14, sua aparição na franquia no Barcelona, teve seu primeiro grande desenvolvimento em atributos para o ataque: Posicionamento e Finalização. No gama FIFA 16, finalmente é colocado na prateleira superior do futebol mundial ao alcançar rating de 90. FIFA 18 é o primeiro de Neymar no PSG, que o coloca abaixo apenas de Cristiano Ronaldo e Messi desde então.

No modo Ultimate Team, Neymar passou a ter destaque em FIFA 15. No entanto, nunca alcançou 99 de rating como seus contemporâneos Messi e Cristiano Ronaldo. Seus melhores card, com 98, foram Time da Temporada da LaLiga em FIFA 17 e Seleção da Semana em FIFA 18.