<
>

Vaevictis será a primeira equipe feminina a disputar uma liga profissional de LoL

Vaevictis será a primeira organização a apostar numa formação totalmente feminina numa liga profissional Divulgação

A Vaevictis eSports será a grande atração da liga profissional de League of Legends (LCL) voltada à Comunidade dos Estados Independentes (CEI) nesse primeiro semestre. Isso porque o elenco é formado totalmente por jogadoras. Será a primeira que uma equipe composta só por mulheres competirá um torneio oficial da modalidade.

A notícia foi dada pela própria organização nesta segunda-feira (11). Sabendo que a LCL passará por mudanças na próxima temporada, o clube percebeu que era "hora de realizar experiências". Nas redes sociais, a direção da Vaevictis revelou que, primeiramente, gostaria de "ver o quão competitiva a equipe feminina será no cenário profissional, o tamanho do progresso do time e o que as jogadoras demonstrarão dentro do jogo".

A Vaevictis não é uma na LCL. A equipe vem participando da liga desde 2017, quando, inclusive, conseguiu o melhor resultado na competição: o vice-campeonato da segunda etapa após perder para Virtus.pro na decisão. Contudo, no ano passado com a antiga formação, o time precisou disputar a Série de Promoção para se manter na elite do CEI.

A participação de um elenco totalmente formado por mulheres numa das ligas profissionais do LoL acontecerá três anos após Maria "Remilia" Creveling se tornar a primeira a competir num torneio oficial da Riot Games. Vestindo a camisa da Renegades, a suporte disputou a primeira etapa da LCS em 2016.

No Brasil três jogadoras ganharam destaque na mídia ao integrarem importantes equipes. Em 2015, Geovana “Revy” Moda foi inscrita pela antiga KaBuM Black na segunda etapa do Campeonato Brasileiro (CBLoL). Depois vieram Julia “Cute” Akemi, que disputou a Superliga 2017, Amanda "Kiit" Toniato, atiradora da Bulldozer na edição passada da competição, e Mônica "Riyuuka" Arruda, reserva da T Show na segunda etapa do Circuito Desafinte 2017 e que também foi suplente da paiN Gaming na etapa que abriu o CBLoL em 2018.