<
>

Visando finais da Superliga, Keyd se reforça com Caos

Caos voltará a defender uma equipe brasileira Riot Games

Jonas "Caos" Cardoso Vriesman voltará a defender uma equipe brasileira de League of Legends. O caçador, que até então vinha competindo na América Latina, é o mais novo reforço da Vivo Keyd para a Superliga, conforme anunciou a organização nesta quinta-feira (6).

O jogador vinha atuando pela chilena Evilvice Esports, com a qual disputou a segunda etapa deste ano da Copa Latino-americana Sul (CLS), liga destinada ao servidor sul latino-americano. Caos e a equipe terminaram a competição na quinta colocação após derrota nas quartas de final para a Isurus Gaming.

A última equipe que Caos vestiu a camisa no Brasil foi a Iron Hawks, com a qual acabou sendo rebaixada na primeira etapa deste ano do Circuito Desafiante, o torneio da 2ª divisão, após fechar a Fase de Classificação em quinto e perder para a WP Gaming na Série de Promoção.

Caos começou a competir em 2015, mas atuando na rota do topo, e já defendeu outras importantes equipes do cenário nacional como INTZ Red e Red Canids. O jogador entra na Keyd para ser o caçador no restante da competição promovida pela Associação Brasileira de Clubes de Esports (ABCDE).

Os Guerreiros iniciaram a competição com Gabriel “Revolta” Henud. Contudo, o jogador foi liberado pelo clube para receber propostas de outros clubes e, com isso, deixou de integrar a formação da Keyd. O suporte Luan “Jockster” Cardoso é quem vinha desempenhando a função, com Matheus "Professor" Leirião compondo a rota inferior com Micael “micaO” Rodrigues.

Atualmente a Vivo Keyd ocupa a primeira colocação do Grupo A com três vitórias e uma derrota, sofrida neste fim de semana para o Santos. O último compromisso do time pela Fase Grupos será contra a Falkol e será de suma importância já que decidirá se os Guerreiros continuarão ou não na Superliga.