<
>

Na`Vi vence Sharks e extingue Tubarões das finais da Pro League de CS:GO

Nak e companhia não conseguiram superar a forte Na`Vi HLTV.org

A Sharks Esports é mais uma equipe brasileira que está dando adeus à Final Mundial da oitava temporada da ESL Pro League (EPL) de Counter-Strike: Global Offensive. Os Tubarões foram eliminados nesta quinta-feira (06) após sofrerem uma dura derrota para a Natus Vincere (Na`Vi) por 2 a 0.

A equipe comandada por Renato “nak” Nakano deixa a competição com duas derrotas e uma vitória. O primeiro revés aconteceu na estreia, contra o MiBR, por 16 a 2 na Inferno. O resultado jogou a Sharks para a repescagem do Grupo B, na qual conseguiu uma sobrevida com uma importante vitória sobre a dinamarquesa North por 2 a 0.

A SÉRIE

A Sharks até começou a série com o pé direito, abrindo um placar num bem executado retake no bomb A, mas nas rodadas seguintes a equipe brasileira não conseguiu dar conta das coordenadas entradas da Natus Vincere. Resultado disso é que o time de s1mple conseguiu abrir considerável vantagem. Nak e companhia, contudo, não se abalaram e conseguiram se recuperar, fazendo com que a primeira metade terminasse em 8 a 7 a favor da Na`Vi.

No lado Terrorista os Tubarões não conseguiram furar a forte defesa montada pela Natus Vincere. S1mple e companhia fizeram a festa. Das dez rodadas disputadas, a equipe venceu as oito necessárias para fechar o primeiro mapa, Nuke, com vitória por 16 a 9.

A Natus Vincere começou a Dust 2 em ritmo acelerado. Não dando chances para a Sharks e com uma ótima defesa, a equipe abriu seis pontos de vantagem num piscar de olhos. Defendendo bem as investidas feitas pelos brasileiros, o time de S1mple fechou a primeira metade vencendo por 14 a 1.

No lado Contra-Terrorista a equipe brasileira até tentou esboçar uma reação. Mas era tarde demais. Vitória para a Natus Vincere por 16 a 3.

MIBR: A ESPERANÇA BRASILEIRA

A Final Mundial da oitava temporada da EPL começou com três equipes entre as 16 participantes: Sharks, INTZ e MiBR. Destas, apenas a comandada por Gabriel “FalleN” Toledo continua viva no torneio.

Além dos Tubarões, os Intrépidos também já deram adeus à competição. O time, inclusive, foi um dos primeiros a ser eliminado, após derrotas seguidas para BIG e G2 Esports. A MIBR, por outro lado, já está classificada para a Fase Eliminatória e decidirá, também nesta quinta-feira, se vai diretamente para as semifinais ou começará pelas quartas.