<
>

MIBR derrota NRG e vai decidir grupo B da Pro League

Stewie2k na fase de grupos das finais da 8ª temporada da Pro League. Helena Kristiansson/ESL

A MIBR vai decidir a chave principal do grupo B das finais da 8ª temporada da Pro League. Gabriel “FalleN” Toledo e seus comandados venceram a NRG eSports e estão a uma vitória de se garantir na próxima fase.

Os brasileiros fizeram 2 a 1, com 16-7 na Overpass, 8-16 na Inferno e 19-16 na Mirage.

Com a vitória, a MIBR vai encarar o vencedor de mousesports e Natus Vincere no confronto que vale vaga nos playoffs. A final da chave principal do grupo acontece às 16h40 desta quinta-feira.

A NRG, por sua vez, vai enfrentar a Ghost Gaming às 9h, valendo um lugar na final da repescagem do grupo. Lá, a equipe pode encontrar a Sharks - desde que ambas vençam seus jogos prévios.

RAIO-X DA SÉRIE

Escolha da NRG, a Overpass foi amplamente dominada pela MIBR. No lado vantajoso do mapa, a equipe contou com uma atuação magistral de Tarik “tarik” Celik para fazer 9-0 logo de cara.

Depois de uma execução, a NRG conseguiu finalmente seu primeiro ponto. Não foi suficiente para parar a MIBR, que fechou a primeira etapa em 11-4.

Após a virada de lados, os norte-americanos conseguiram levar a melhor nos dois rounds iniciais, mas caíram no armado. Sem dificuldades, os brasileiros ainda se deram ao luxo de perder um round antes de fechar o mapa em 16-7.

Na Inferno, a MIBR teve um bom começo como terrorista e abriu 6-2, mas acabou sofrendo nas mãos de Ethan "nahtE" Arnold e seus companheiros. Uma boa defesa ajudou a NRG a conseguir a vantagem mínima ao fim do primeiro tempo.

Na segunda etapa, a NRG manteve o bom momento e venceu os cinco primeiros pontos, fazendo 13-7. A MIBR respondeu fazendo um, mas não foi o suficiente para parar os adversários, que encaixaram mais três rodadas e marcaram o 16-8.

O confronto decisivo na Mirage começou com mais uma sólida apresentação defensiva da NRG. Depois dos brasileiros conseguirem os dois primeiros rounds, os comandados de Damian "daps" Steele fizeram seis pontos consecutivos para tomar a frente.

Com dois abates, Marcelo “coldzera” David conseguiu trazer um ponto para a MIBR, mas não parou os norte-americanos, que continuaram superiores e fecharam a primeira etapa em 10-5.

Como CT, a MIBR venceu 7 dos 8 primeiros rounds e conseguiu uma improvável virada no placar. A NRG não deixou que o bom momento brasileiro durasse muito e tratou de empatar logo na sequência, fazendo 12-12.

Vincent "Brehze" Cayonte e seus companheiros chegaram ao match point com tranquilidade, mas não conseguiram finalizar o mapa e viram a MIBR fazer três em sequência e forçar o tempo extra.

Lá, os brasileiros perderam só um dos cinco rounds disputados e fizeram 19-16, levando a melhor na série.