<
>

Derrota para o Santos "é só uma pedra no sapato" da Keyd, aponta Jockster

Keyd de tockers e Jockster perderam invencibilidade para o Santos Badboy Leeroy

O resultado final do confronto entre Santos e Vivo Keyd pela quarta rodada da Fase de Grupos da Superliga de League of Legends não surpreendeu apenas a comunidade. Logo após a derrota por 2 a 1 pelo Peixe, o caçador Luan “Jockster” Cardoso revelou ao ESPN Esports Brasil também ter ficado surpreendendo com “a forma” que a adversária se apresentou.

“Não esperava que eles fossem jogar tão certinhos. Eles estavam entendendo o que fazer pelo mapa, estavam entendendo como punir o nosso estilo de jogo. Acho que tiveram um trabalho muito bom durante a semana deles de preparação contra a gente. Isso me surpreendeu bastante porque o Santos é um time, meio, que Tier 3 e eu não esperava que a preparação deles fosse tão boa quanto foi”, aponta o jogador.

Com três vitórias até então, o triunfo diante do Santos significava para a Keyd a classificação antecipada para a Fase Eliminatória. Questionado se o revés atrapalha a equipe para o restante do campeonato, o caçador afirma que não. “Estávamos pensando em ganhar todos os jogos, independente do que acontecesse. Essa derrota é só uma pedra no sapato”, afirma o caçador.

Para Jockster, “faltou” uma melhor preparação da Keyd para a rodada. “Foi algo bem negativo para gente porque a nossa semana acabou não indo muito bem", revela o caçador. O jogador diz ainda que esperava que "nesse jogo a gente conseguisse voltar ao nosso estado natural".

A Keyd fechará a Fase de Grupos enfrentando a Falkol, equipe que não tem mais chances de avançar para a Fase Eliminatória. Fato este que, de acordo com Jockster, "não facilita muito" já que a próxima adversária "é uma equipe muito boa". "Eles retornaram da Coreia faz pouco tempo. Também já fomos para a Coreia e sabemos como isso faz a diferença", diz o jogador. O caçador acredita ainda que, se a Falkol "tiver uma preparação boa contra gente, assim como o Santos teve, o time tem muita chance de tirar jogos da gente".

Para este confronto Jockster acredita que a equipe "tem que se preparar muito psicologicamente porque a Falkol não é um time inferior, apesar de todo mundo falar sobre isso". Analisando o adversário, o caçador elogio dizendo que "são um time bom, só não tiveram a oportunidade de terem uma boa preparação e mostrar isso nos jogos".