<
>

SKT perde para Gen.G no Regional e está fora do Mundial de League of Legends

Neste ano, Faker e companhia apenas vão assistir o Mundial FOMÔS

Se nas últimas três edições do Campeonato Mundial de League of Legends a SK Telecom T1 (SKT) marcou presença no confronto valendo o título, neste ano a equipe do meio Lee "Faker" Sang-hyeok será apenas espectadora da principal competição da modalidade.

O adeus ao sonho de se classificar para o Mundial pelo quarto ano seguido aconteceu nesta quarta-feira (12) após a SK Telecom T1 ser eliminada do Regional sul-coreano de forma precoce. Na primeira rodada do minitorneio a equipe acabou sendo derrotada pela Gen.G por 3 a 2.

O revés acontece dez meses após a SK Telecom T1 terminar o Mundial 2017 com o vice-campeonato. Na ocasião, Faker e companhia foram derrotadas pela Samsung Galaxy. Coincidentemente, a formação que bateu a SKT naquela decisão é a mesma que, vestindo a camisa da Gen.G, foi responsável pela eliminação do time no Regional.

TEMPORADA PARA SE ESQUECER

Definitivamente 2018 não foi um bom ano para a SK Telecom T1 no League of Legends. A equipe não conseguiu emplacar nenhuma boa campanha nas duas etapas da liga profissional da Coreia do Sul (LCK) e, pela primeira vez, ficou de fora dos principais torneios internacionais da modalidade: Mid-Season Invitational (MSI) e o Campeonato Mundial.

Na edição da LCK que abriu a temporada a SKT terminou a Fase de Classificação na quarta colocação, conseguindo assim alcançar a Fase Eliminatória. No mata-mata, após uma boa estreia contra a antiga KSV eSports (atual Gen.G), a equipe perdeu nas quartas de final para a KT Rolster. Já na segunda etapa o time sequer conseguiu se classificar para os Playoffs por conta da sétima colocação na temporada regular.

O Regional era a última chance de Faker e companhia chegarem ao Mundial. A equipe se classificou para o minitorneio porque terminou o Circuito de Pontos na sexta colocação.

Por ser considerada uma das potências da modalidade, a Coreia do Sul tem o direito de mandar três equipes para o Campeonato Mundial. Dois dos representantes já foram definidos: KT Rolster, campeão da segunda etapa da LCK, e Afreeca Freecs, o melhor time do Circuito de Pontos.