<
>

Overwatch League terá equipes de Vancouver, Washington e mais, dizem fontes

A primeira temporada da Overwatch League estreeou em janeiro de 2018 com 12 equipes. Robert Paul for Blizzard Entertainment

A expansão da Overwatch League está a todo vapor. Fontes informaram ao ESPN Esports que as próximas cidades a receberem uma equipe na liga serão Washington D.C. (EUA), Vancouver (Canadá), Hangzhou e Chengdu (ambas da China).

Anteriormente, a ESPN já havia reportado a adição das cidades de Atlanta (EUA), Cantão (China), Paris (França) e Toronto (Canadá). Até o momento, no entanto, a Blizzard só confirmou as entradas de Atlanta e Catão.

Em artigos publicados nesta quarta (5), a ESPN norte-americana que, segundo fontes, a vaga de Washington, D.C. será financiada por um novo grupo liderado por Mark Ein, sua empresa Capitol Investment Corp. e outros grupos de capital de risco e investidores afiliados.

Ein é o proprietário do Washington Kastles da World Team Tennis e é um investidor de sucesso em imóveis e tecnologia. Ele também é proprietário minoritário da aXiomatic, a matriz focada no esports da Team Liquid. A Disney, controladora da ESPN, também é investidora da aXiomatic.

De acordo com as fontes, a equipe de Vancouver será controlada pela Aquilini Investment Group, dona da Canucks Sports & Entertainment, grupo de origem do Vancouver Canucks e da Rogers Arena. Em agosto, a Rogers Arena hospedeu seu primeiro evento de esport - o The International 2018 de Dota 2. A Overwatch League será o primeiro investimento da empresa nos esports.

Ainda segundo as fontes, o time chinês de Hangzhou será financiado pelo síte de vídeos Bilibili, enquanto o de Chengdu será controlado pela Huya, famosa plataforma de transmissões do país. De acordo com dados da Nasdaq e bolsa de Nova York, a Bilibili possui um market cap (“capitalização de mercado”) de US$ 3,58 bilhões, e a Huya de US$ 5,51 bilhões.

O valor das vagas adquiridas pelas empresas por um time na Overwatch League não foi revelado, apesar de fontes afirmarem à ESPN em fevereiro que os preços variaram de US$ 35 a US$60 milhões.

As novas adições aumentam o número de times da Overwatch League de 12 para 20. Inicialmente, a Blizzard havia disponibilizado apenas seis novas vagas, mas elevou o número para oito após empresas demonstrarem interesse em entrar na liga.

Fontes também afirmaram que a Blizzard quer que a liga seja disputada em todo mundo até 2020 - ou seja, que os times viagem a outras cidades cujos direitos regionais são de propriedade das organizações participantes. A adição das oito equipes deixa a liga com 11 times dos Estados Unidos, dois do Canadá, dois da Europa e cinco da Ásia.

O período de contratação de jogadores para a próxima temporada da Overwatch League começa neste domingo (9) e vai até 7 de outubro. Durante esse período, as equipes podem assinar contratos com jogadores que foram dispensados de times que disputaram a última temporada da liga, assim como com novatos e participantes da Overwatch Contenders.