<
>

Apontamos seis modos inusitados de jogo que poderiam fazer parte de FIFA 19

play
Matchmaking: confira tudo o que rolou no Mundial de FIFA, na EVO e na última rodada do CBLoL (7:03)

Luciano Amaral e Felipe Felix destrincharam o FIFA eWorld Cup, o principal evento de fighting game do mundo e analisaram a reta final da Fase de Classificação do CBLoL (7:03)

FIFA 19 terá a adição de novas funcionalidades para seu modo Kick Off, opção de jogo no qual disputaremos partidas avulsa. As novidades permitirão que o jogador tenha a oportunidade de mudar determinadas regras do próprio esporte dentro do simulador. Assim, teremos jogos sem faltas e impedimentos, com gols de fora da área valendo mais e até times perdendo jogadores ao marcar gols.

Se a EA Sports quer usar a essência “videogame” de sua franquia para oferecer novas formas de se jogar FIFA, que tal usar a imaginação para buscar parâmetros extraordinários que possam resultar em maneiras inusitadas de se divertir com o simulador do esporte “bretão”?

O ESPN Esports Brasil listou seis maneiras interessantes que poderiam fazer parte de FIFA 19 e oferecer experiências diferentes de se jogar uma partida de futebol nos videogames.

1. TIMES CLÁSSICOS A DISPOSIÇÃO

É um pesadelo para a EA resolver a questão de licenças e direitos de imagem, mas ter um modo de jogo no qual pudéssemos controlar grandes esquadrões da história do futebol seria sensacional.

Imagine ter à disposição a Seleção do Brasil campeã da Copa do Mundo de 2002. Que tal jogar com um combinado com o melhor da Itália de todos os tempos? Quem sabe desafiar a seleção “canarinho” da da Copa de 1970? No cenário nacional, jogar com o Fluminense 1983/85, o Palmeiras dos anos 1990, Santos e Botafogo da década de 1960, o Internacional tricampeão brasileiro.

Com equipes desse calibre à disposição, desafiar os maiores times da atualidade seria uma boa pedida ou jogar contra eles com seu time do Ultimate Team seria um tremendo desafio.

2. REVIVER MOMENTOS HISTÓRICOS

Uma vez que licenças estivessem à disposição, o próximo passo para reviver a história de importantes times seria a recriação dos momentos que os fizeram grandes. FIFA 19 poderia ter um modo no qual grandes partidas da história pudessem ser jogadas com parâmetros ou características que a tornaram importantes.

O jogador poderia, por exemplo, disputar a final da Champions League da temporada 2004/2005, na qual Liverpool perdia para o Milan no início do segundo tempo por 3 a 0. Você seria desafiado a ser campeão, feito conseguido pelo time inglês na oportunidade.

Que tal reviver a decisão da Mercosul de 2000 entre Palmeiras e Vasco da Gama, quando o intervalo da partida mostrava 3 a 0 para o time alviverde? Talvez mudar a história seja o desafio que você procura. Então, que tal jogar com o Brasil no segundo tempo do fatídica semifinal contra a Alemanha de 2014?

3. TIMES COM MAIS JOGADORES

Se é para mudar as regras, vamos começar. Se o Kick Off terá um modo “survival” no qual um time perde um jogador a cada gol marcado, que tal enfrentar um rival com mais jogadores?

Você jogaria com seus 11 atletas, mas o adversário teria mais jogadores à disposição. Seria uma luta para romper a defesa inimiga e evitar que uma “onda” de atacantes fizesse gols em você.

4. DESAFIOS GOLEIRO VS. ATACANTE

Essa seria inspirada nas penalidades do hóquei no gelo. No lugar de pênaltis, as disputas seriam apenas goleiro a atacante adversário, mas de uma forma diferente.

O atacante partiria do meio campo e teria de fazer o gol, sendo que a defesa seria formada apenas pelo goleiro. Só valeria chute de dentro da área e se o goleiro tocasse a bola, a jogada estaria acabada.

5. JOGO SEM GOLEIRO

Vindo diretamente das partidas em ruas com asfalto ou de terra disputadas por crianças, teríamos uma modalidade sem a necessidade de goleiros. Seja com traves grandes ou pequenas, cada time teria 10 integrantes.

Uma vez que o arqueiro não estaria na posição habitual, algumas regras poderiam ser estabelecidas para que não houvessem apenas chutões. Só valeriam gols de dentro da área, por exemplo, ou gols de fora da área valeriam menos para o placar.

6. TORNEIO “INÍCIO”

Essa seria inspirada na história do futebol nacional. Disputada em vários estados brasileiros, incluindo Rio de Janeiro e São Paulo ao longo do século XX, o Torneio Início foi um evento que abria a temporada competitiva em nosso país.

Todos os times dos torneios estaduais se reuniam para um dia de disputa, com partidas de no máximo 20 minutos. Para se decidir o vencedor, além dos gols marcados, outros elementos do jogo pesavam, como o número de escanteios e bolas na trave.

O mesmo poderia ser feito em FIFA 19, com a inclusão de outros elementos, como maior número de dribles ou quem tomasse menos cartões por infrações.