<
>

Killuard aponta: Hawks contra IDM é o 'jogo da vida para as duas equipes'

Killuard prefere pegar T Show ou Flamengo no mata-mata Divulgação / Iron Hawks

Presente no mata-mata das últimas duas etapas, a Iron Hawks quer cravar mais uma classificação para a Fase Eliminatória do Circuito Desafiante. Mas para isso, a equipe só precisa de uma coisa: vitória sobre a Ilha da Macacada Gaming (IDM Gaming) na última rodada da Fase de Classificação.

"É o jogo da vida para as duas equipes", aponta o suporte Sergio "Killuard" Junior. O jogador analisa o cenário do próprio time dizendo: "nós temos que vencer pelo menos um jogo e a IDM os dois". Por conta disso, o profissional crê que "a IDM vem com uma pressão enorme, enquanto nós podemos jogar relativamente tranquilos". "Esperamos, então, que a IDM vá mostrar um jogo muito focado nas suas forças, com pressão do caçador no início do jogo", afirma o jogador ao ESPN Esports Brasil.

Além das duas equipes, a 5Fox E-Sports Club é outra que entra na última rodada com chances reais de chegar à Fase Eliminatória. Enquanto Iron Hawks e IDM Gaming duelam entre si, as Raposas vão ter que enfrentar um Flamengo eSports querendo terminar a Fase de Classificação na ponta da tabela.

Do trio, a Iron Hawks é quem está mais "próxima" do mata-mata na visão Killuard, já que "a 5Fox precisa de uma vitória contra o Flamengo, que é um dos melhores times da competição, e a IDM precisa nos vencer, enquanto estamos livres para apenas garantir um empate, caso as Raposas não ganhem do Flamengo".

"Não é muito relevante a ordem dos confrontos. Todos sabem que vão enfrentar times bons e nós precisamos tratar todos com o respeito devido, pois sempre poderemos ser surpreendidos"

Sergio 'Killuard' Junior.

A Iron Hawks vem de um empate contra a 5Fox pela Semana 4, num confronto bastante equilibrado. Na partida que abriu a série, os Falcões começaram atrás mas conseguiram virar de forma espetacular. Contudo, no segundo jogo o mesmo não aconteceu e a vitória foi para as Raposas. "Perdemos o Jogo 2 por uma análise ruim de oportunidade", aponta o suporte, que complementa: "mas creio que isso foi bom para o desenvolvimento do time".

Segundo Killuard, a composição para a primeira partida foi "feita para escalar melhor". "Se não fôssemos muito pressionados no início do jogo, nós acabaríamos virando em questão de tempo", aponta o suporte. "Creio que o ponto que nos garantiu a vitória foi o controle do Barão, pois ele estava muito forte na atualização 8.4", analisa.

Quanto ao último jogo da série, o jogador afirma que "nossa composição não era exatamente a melhor no fim", mas que "isso não quer dizer que não poderíamos ganhar nessa fase do jogo" "Precisaríamos tomar decisões muito mais sábias que no primeiro jogo, o que não aconteceu", afirma.

Assim como a próxima adversária, a Iron Hawks ainda não conseguiu vencer uma partida na Fase de Classificação do "Circuitão". São dois empates e duas derrotas. Killuard é categórico sobre o que falta para o time sair com a vitória: "confiança".

"Eu sinto, pelo menos nos jogos dos quais participo, seja em treino ou na própria competição, que a Iron Hawks tem jogadores muito bons no quesito individual, mecanicamente e tecnicamente. Uma coisa que está atrapalhando é que existe pouca confiança na criação de jogadas, o que não nos permite criar jogadas tão elaboradas em torno do meio do jogo"

Sergio 'Killuard' Junior.

Confirmando a classificação, a Iron Hawks entra no mata-mata como quarto colocado e, tendo assim, que enfrentar o melhor time da temporada regular na Semifinal. O suporte não hesita ao dizer prefere não enfrentar a OPK no confronto que antecede a decisão. "T Show e Flamengo são ótimos times mas eu acho mais fácil jogar contra o estilo de jogo que eles demonstraram do que contra a Kino", afirma

Operation Kino (OPK), T Show e Flamengo eSports são as três equipes que entram na última rodada brigando pela primeira colocação da Fase de Classificação. Para o suporte da Hawks, a OPK é a que mais "merece" terminar a temporada regular na ponta. "Pra mim, eles estão mostrando um estilo de jogo bem sólido. Flamengo e T Show jogam muito bem, mas o estilo de jogo é um pouco diferente e, acho que, pelo meta atual, a OPK ta tendo uma proposta mais interessante de jogo".

Quanto ao que viu dos outros confrontos da Semana 4, Killuard aponta o segundo jogo da série entre OPK e Flamengo sendo "atípico" e diz que a T Show "mostrou um início de jogo um pouco fraco na primeira partida" contra a IDM Gaming.

O RETORNO DE KLAUS

Antes do duelo contra a 5Fox, a Iron Hawks surpreendeu ao anunciar o retorno do atirador Augusto “Klaus” Clauss, que logo após a rodada de abertura do Desafiante anunciou que estava deixando a equipe por “conflito de ideias”.

Com exclusividade ao ESPN Esports Brasil, o atirador revela que o retorno foi costurado “após algumas conversas com a diretoria e os outros jogadores” da equipe”. “Eles pediram e eu voltei. Não achava certo deixar eles na mão”, afirma Klaus.

"No geral, ocorreram muitas mudanças. Desde o jeito de jogar, até o jeito de tratar as coisas na casa. Hoje nós estamos muito bem e confiantes para jogar contra o adversário que for."

Augusto 'Klaus' Clauss

ÚLTIMA RODADA

A Fase de Classificação da primeira etapa do Circuito Desafiante chega ao fim nesta semana. Brigando pela última vaga na Fase Eliminatória, IDM Gaming e Iron Hawks abrem a última rodada, nesta segunda-feira (19).

Na terça-feira (20), mais dois confrontos de tirar o fôlego. Em confronto direto pela primeira colocação da temporada regular, T Show enfrenta a Operation Kino, enquanto o Flamengo, que também almeja a ponta, duela contra outro time que busca a classificação, a 5Fox E-Sports.