<
>

Como foi a "bruxaria" de Ronaldinho Gaúcho nos videogames

Ronaldinho Gaúcho, um dos maiores nomes do futebol internacional, vai se aposentar dos gramados. Eleito o melhor jogador pela FIFA em 2004 e 2005, conquistou a Copa do Mundo de 2002 pelo Brasil, a Champions League e espanhol pelo Barcelona, o italiano pela Milan e a Libertadores pelo Atlético Mineiro, dentre muitos outros.

Adorado por torcida de todo mundo, o “bruxo” é um dos nomes que mais personificou o termo “jogador de videogame”. Lances geniais, dribles desconcertantes e muito talento nos gramados eram lembretes de como o jogador era capaz de executar movimentos somente vistos nos games.

Por muitos anos, Ronaldinho foi a grande estrela de jogos de futebol como capa e avatar de grandes atributos. Se havia um lance complicado de se fazer, ele era o “cara”. Vamos conferir como ele foi retratado ao longo dos anos.

EM FIFA

Na franquia da EA Sports, Ronaldinho Gaúcho foi o destaque da capa de FIFA Football 2004, FIFA 06, FIFA 07, FIFA 08 e FIFA 09. Esse foi um grande sinal de sua importância na época, quando defendeu Barcelona e Milan. A cada jogo, o bruxo original executava lances mágicos em campos para o deleite das torcidas. Essa qualidade foi devidamente retratada?

Ronaldinho está em FIFA 18 como um jogador “Ídolo”, classificação especial para grandes nomes da história presente no modo Ultimate Team. São três versões: Ronaldinho da temporada 2002 com rating 91, versão da temporada de 2004 com rating 94 e temporada 2010 com 89 pontos.

O jogador sempre teve o Controle de bola como principal característica, a maneira de representar nos videogames como o jogador cadenciava a partida e como era complicado tomar a bola de seus pés. Dribles, algo que o tornou famoso, também sempre foi algo forte.

Ao longo da trajetória, outros atributos também se destacaram: em FIFA 05, teve Criatividade em 96; em FIFA 06, Precisão nas finalizações teve 97 pontos; em FIFA 08, a Cobrança de falta em 93 era um diferencial.

Na segunda metade de sua carreira em FIFA, o rating de Ronaldinho baixou, fenômeno para adaptar-se ao futebol brasileiro. Aqui, manteve o Controle de bola alto, além de Curva, para mostrar sua habilidade nos arremates, e Passe.

EM PES

* Jogador foi nomeado como Romanedino.

Em Pro Evolution Soccer, o jogador defendeu o Galo de Minas Gerais e foi um agente livre.

O grande ano de Ronaldinho na franquia da Konami foi em PES 2011. Naquela temporada, teve números incríveis para um meia avançado: driblador e com excelente passe, além de grande finalizador: 90 em Finalização.

Manteve números altos mesmo quando jogou pelo Galo, até a queda em PES 2015.