<
>

Inovações e muita cor: Confira as melhores novidades para gamers da CES 2018

Novo mouse da Razer utiliza tecnologia Hyperflux para funcionar sem fio e sem bateria Razer

O início de todo ano novo é marcado por um evento essencial para entusiastas de tecnologia: a Consumer Electronics Show (CES). Realizada em Las Vegas de 9 a 12 de janeiro, a feira apresentou novidades tecnológicas que vão desde robôs a eletrodomésticos inteligentes a peças para computador.

O ESPN Esports Brasil fez um guia das melhores novidades para gamers apresentadas durante a feira. Confira:

CORSAIR

Uma das maiores inovações a aparecer na CES 2018 foi um mouse que não precisa de fio ou pilha. Isso é possível através de um mousepad que serve como "carregador wireless" para o mouse. Além da Razer (da qual falamos abaixo), a Corsair foi outra empresa a apresentar uma dupla de periféricos com a tecnologia.

O mouse, Dark Core RGB SE, tem uma bateria recarregável que pode durar até 24 horas, utiliza bluetooh de frequência 2.4Hz para conectividade e tem um sensor óptico de 16 mil DPI. Ele também inclui nove botões e três locais com iluminação RGB programáveis através de um software. Já o mousepad é o MM1000 Qi, tem o tamanho de 35 cm x 26 cm e acompanha diversos adaptadores.

Ambos os periféricos já estão disponíveis, o mouse a US$ 90 e o mousepad a US$ 80. A Corsair também revelou uma versão mais simples do mouse que também custa US$ 80.

HYPERX

A HyperX é a mais nova integrante do universo RGB. Durante a CES 2018, a empresa apresentou versões iluminadas e coloridas de seu teclado Alloy Elite e de seu mouse Pulsefire Surge.

Outro componente a receber uma versão RBG são as memórias Predator DDR4, que utilizam uma sincronização infravermelha. As memórias terão compatibilidade com diferentes softwares, como o ASUS Aura Sync e o Gigabyte RGB Fusion, além de gabinetes, como da marca In-Win.

Por fim, a HyperX revelou seu primeiro headset wireless, o Cloud Flight. O periférico tem uma bateria de até 30 horas, conchas auriculares flexíveis, drives de áudio de 50mm e transmissão com frequência de 2,4 GHz. Como em outros headsets da empresa, o microfone é destacável e o fio inclui um controle para ajustes. O headset é compatível em modo wireless com computadores e o PlayStation 4.

O Alloy Elite RGB já está sendo vendido no Brasil, com exclusividade de 60 dias no KaBuM!, pelo preço sugerido de R$ 899. O mouse, o headset e as memórias não tiveram seu preço revelado, mas devem chegar ao Brasil ainda no primeiro semestre.

MSI

A MSI aproveitou a CES 2018 para apresentar dois novos monitores. E adivinha? Eles têm iluminação RGB.

Os monitores são os primeiros a trabalharem com o sistema de iluminação GameSense, da Steelseries. Através do sistema, é possível contrar as luzes que ficam na parte inferior do monitor e até sincronizá-la com jogos e aplicativos.

Os monitores Optic MPG27CQ e MPG27CQ possuem tela de 27" curvada e taxa de atualização de 144Hz. Enquanto o primeiro tem 1080p de resolução, o segundo é 1440p. Nenhum dos dois recebeu previsão de lançamento ou preço.

NVIDIA

A NVIDIA pode não ter revelado nenhuma placa de vídeo nova nesta CES 2018, mas com certeza trouxe novidades que chamaram a atenção do público.

A primeira foi um novo padrão de monitores chamado Big Format Gaming Displays (Displays para Jogos em Grande Formato, em tradução livre), que será utilizado em monitores de 65” com 120 Hz, resolução 4K, HDR e G-Sync.

Segundo a NVIDIA, esse novo padrão entregará uma experiência imersiva ao jogador, sem atrasos e de alto desempenho. Os monitores com o BFGD também terão o NVIDIA Shield integrado, que inclui controles por voz via Google Assistant e streaming 4K.

Empresas como Acer, Asus e HP mostraram produtos com o novo padrão durante a feira e devem começar a ser vendidos na metade de 2018. Apesar de nenhum preço ter sido revelado, levando em consideração o valor de monitores com G-Sync, devemos esperar um preço bem salgado para esses novos produtos.

Mas não foi apenas isso que a NVIDIA apresentou. Outra novidade foi o anúncio do beta gratuito do GeForce Now, um programa que promete resolver o problema de quem tem um computador fraco para jogos.

Através do software, usuários poderão rodar jogos em Full HD e até 120 FPS via streaming, usando um “computador emprestado” na nuvem. Disponível para Windows e Mac, a plataforma é compatível com o Steam, Uplay e Origin. Para rodar um jogo, o usuário precisará tê-lo em uma das lojas, mas não precisará instalá-lo em sua máquina.

O programa funcionará como qualquer outro serviço de streaming, tendo uma taxa inicial de US$ 25 por 20 horas de gameplay. Entretanto, a empresa alerta que o ideal é que o usuário possua uma internet de alta velocidade.

NZXT

A NZXT é conhecida por seus gabinetes e coolers de ponta. Agora, a empresa resolveu adentrar um novo campo na área de peças de computador e apresentou sua primeira placa-mãe.

A N7 foi claramente pensada para combinar com os outros produtos da NZXT, já que pode ter seu esquema de cores alterado com algumas “capas” disponíveis em azul, vermelho ou roxo - as cores dos gabinetes da empresa. A iluminação RBG não poderia faltar, sendo possível sincronizá-la com o Hue+ por meio de um software.

Nas especificações técnicas, a N7 é do modelo LGA 1151 para o chipset Z370 da Intel, inclui suporte para a memória Optane da Intel, dois conectores M.2 e suporte para até 64GB de RAM.

A placa-mãe estará disponível no fim de janeiro por um preço inicial de US$ 300.

RAZER

A ‘Apple’ do mundo gamer, a Razer revelou dois novos produtos para sua coleção. O novo sistema de áudio 2.1 chamado Nommo, que inclusive tem versões com iluminação RGB, e o inovador Mamba Hyperflux, um mouse sem fio e sem bateria.

Para funcionar sem uma fonte de energia “padrão”, o Mamba Hyperflux é conectado ao mousepad Firefly Hyperflux por meio de um campo magnético que transfere a energia diretamente ao mouse - como um carregador wireless. O novo Mamba pesa apenas 96 gramas, um sensor óptico 5G de 16 mil DPI, nove botões programáveis, um polling rate de 1 mil Hz e, claro, luzes RGB.

Nenhum dos produtos teve data de lançamento e preço anunciados para o Brasil.

Bônus: Durante a CES, a Razer também apresentou o Project Linda, um notebook que funciona como uma “casca” com tela e teclado para o Razer Phone.

ULTRA GAME BOY

Para gamers nostálgicos, a Hyperkin anunciou o Ultra Game Boy, uma versão atualizada do portátil lançado pela Nintendo em 1989.

Apesar da aparência praticamente idêntica, o Ultra Game Boy recebeu atualizações para ficar mais atualizado. O aparelho é feito de alumínio, ao contrário do antigo plástico, e possui uma tela com iluminação interna azul. Além disso, inclui uma bateria interna com seis horas de duração.

Para jogá-lo, no entanto, será necessário caçar seus cartuchos antigos em casa.

O aparelho será lançado na metade de 2018 por US$ 100, mas ainda não tem previsão de chegar ao Brasil oficialmente.

VERTAGEAR

Se você já achava demais ter componentes de computador com iluminação RBG, prepara-se, pois agora temos cadeiras com a mesma tecnologia.

Desenvolvida pela Vertagear, a PL4500 RGB inclui luzes em buracos localizados no encosto de cabeça da cadeira e no centro das rodinhas. A iluminação utiliza baterias que podem ser trocadas e que, segundo a empresa, duram até 30 horas. Para trocar as cores, o usuário utiliza um software que reconhece a cadeira quando ela estiver conectada ao computador. Como? Por meio de um USB wireless que acompanha o produto.

O preço da cadeira não foi anunciado, mas a Vertagear espera disponibilizá-la na primavera deste ano (o outono brasileiro).