<
>

Bruna Honório é diagnosticada com tumor no coração e deixa a seleção brasileira de vôlei

Getty Images

Destaque do Minas na conquista da Superliga /2019, Bruna Honório foi cortada da seleção feminina de vôlei. A jogadora foi diagnosticada com um tumor no átrio do coração por comitiva da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

Bruna vai fazer novos exames nesta segunda-feira (13), em São Paulo e deve passar por uma cirurgia, segundo informações do site GloboEsporte.com.

A oposta recebe a notícia em um bom momento da carreira. Com 29 anos, a jogadora conquistou três títulos com o Minas em 2019 (Superliga, Copa do Brasil e Sul-Americano) e assumiu papel de destaque na equipe, com quem renovou contrato recentemente.

Ela se apresentou à seleção brasileira em Saquarema, Rio de Janeiro, na segunda-feira e recebeu o diagnóstico nesta quinta, dia 9. Segundo o site Web Vôlei, a jogadora recebeu apoio da comissão técnica e palavras de incentivo ao se despedir da equipe.

A saída de Bruna é oitava baixa do grupo planejado pelo técnico José Roberto Guimarães para disputar a temporada 2019.

A primeira a pedir dispensa foi Adenízia. Em seguida Thaísa, Camila Brait, Gabi Cândido, Tassia e Dani Lins também anunciaram que se afastariam da equipe. A ponta Drussyla, assim como Bruna, foi cortada por um problema físico.