<
>

Aos 15 anos, uma super-heroína usou o jiu-jitsu para se livrar de assassinos no massacre de Suzano

Rhyllary Barbosa é estudante da escola em Suzano. Ela usou o jiu-jitsu para se defender de um dos assassinos. Arquivo Pessoal

Um ataque a uma escola de Suzano, São Paulo, chocou o mundo. Dois garotos entraram armados e atiraram a esmo. Rhyllari Barbosa estava lá e conseguiu se livrar de um deles. Ela é faixa branca de jiu-jitsu e, graças a sua base na arte marcial, conseguiu lutar contra ele para que não morresse.

Em entrevista ao blog de Mayara Munhos, a garota de 15 anos contou todo seu momento de pânico. Clique aqui para ler tudo.