<
>

23 lendas do futebol foram escolhidas para espalhar o Mundial da França por todo o mundo

Estados Unidos: campeãs da última Copa do Mundo, em 2015. Getty Images

A FIFA escolheu 23 lendas para promover a Copa do Mundo da França. Estrelas como Alex Scott, ex-jogadora da seleção inglesa, Veronica Boquete, da seleção espanhola e Laura Georges, da França, se “maquiaram” de super-heroínas para passar a mensagem do futebol feminino pelo mundo.

Também se fantasiaram de super-heróis Park Ji-Sung, um dos maiores jogadores asiáticos da história, Marcel Desailly, campeão do mundo pela França em 1998 e o brasileiro Gilberto Silva, que vem com uma mensagem encorajadora para as jogadoras: “Não tenham medo. Trabalhem duro, que vocês já conquistaram muita coisa. Vai com tudo!”.

Eles uniram forças para que todos saibam sobre a Copa do Mundo Feminina da FIFA 2019, que começa no dia 07 de junho, na França, através da campanha #LegendsAssemble (‘Lendas Unidas’ – em tradução livre) e participarão de cerca de 100 eventos em todo o mundo falando sobre a competição.

Durante o mundial, eles continuarão promovendo o futebol feminino. Cada representante escolheu eu super-herói favorito para representar. Alex Scott, por exemplo, escolheu Trail Blazer, um super-herói superinteligente. “Quem não sonhou em ser um super-herói? Estou animada com o #LegendsAssemble, porque meu alter ego tem apenas um objetivo: capacitar meninas e mulheres e incentivá-las a jogar futebol”, disse.

No vídeo, jogadoras e jogadores compartilham suas histórias, como Veronica Boquete: “Com 5 ou seis anos, criaram uma norma que me proibia jogar com os garotos. As meninas não podiam jogar com os meninos”.

Além da hashtag #LegendsAssemble, também foi criada #DareToShine (‘Ouse brilhar’ – em tradução livre) para serem espalhadas pelas redes sociais.