<
>

Canadá tem solução para deixar de apanhar no futebol masculino: trazer técnico das mulheres

John Herdman saiu da seleção feminina e vai assumir a dos homens Getty

A Associação Canadense de Futebol anunciou uma decisão curiosa que tomou nesta terça-feira. Com o objetivo de desenvolver o futebol masculino no país e torná-lo uma das forças mundiais, como o feminino, a federação tirou o treinador da seleção das mulheres e o colocou para comandar a dos homens. A missão será do britânico John Herdman.

O técnico de 42 anos estava no comando da seleção feminina do Canadá desde 2011. Logo depois que chegou, conquistou o título dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. No ano seguinte, faturou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres, mesmo resultado que teve na Olimpíada do Rio de Janeiro-2016. Atualmente, as meninas canadenses estão em quinto no ranking da Fifa (Federação Internacional de Futebol).

Já a seleção masculina está no lado oposto. Ocupa apenas a 94ª colocação na lista da Fifa e seu único ponto conquistado em competições oficiais da entidade até hoje foi um empate sem gols com o Brasil em 2001. Sua primeira e única participação em Copa do Mundo foi em 1986. Os homens são campeões olímpicos, é verdade; mas isso foi em 1904.

“Damos boas vindas para John e que traga todo o sucesso que teve na seleção feminina nos últimos anos e suas habilidades de treinamento técnico para continuarmos desenvolvendo o futebol masculino no Canadá”, disse o presidente da Federação Canadense Steven Reed. “Ele conseguiu medalhas olímpicas, o que nenhum outro treinador no país nos deu em cem anos. O que o torna exemplar é sua ética, paixão e atenção aos detalhes”, completou o secretário geral Peter Montopoli.

Assim como era no feminino, John Herdman terá papel importante desde a categoria sub-14 no masculino, com o objetivo de padronizar a técnica usada em todas as categorias, formando, constantemente, jogadores preparados para defender a camisa da seleção principal.

“É uma grande honra e agraço pela oportunidade de poder ajudar a desenvolver o futebol masculino no Canadá. Trabalhar com as mulheres foi um privilégio incrível. Quero deixar uma marca duradoura entre os homens, que têm um potencial imenso, e trabalhar pelo objetivo final de voltarmos a nos classificar para a Copa do Mundo”, comemorou o britânico.

John Herdman será o substituto do equatoriano Octavio Zambrano, que assumiu o posto de técnico a seleção masculina do Canadá em 2017, após a eliminação da equipe nacional nas Eliminatórias do Mundial da Rússia-2018.