<
>

Histórico: jogadora dos EUA faz um 'quádruplo-duplo'

Shakyla Hill fez um quádruplo-duplo; último foi em 1993 Getty

Um momento histórico foi regristrado na noite dessa quarta-feira na primeira divisão do basquete universitário feminino dos Estados Unidos. Shakyla Hill, do Grambling State, deu um passe preciso nos segundos finais para mais um ponto na vitória de seu time sobre o Alabama State por 93 a 71: foi a 10ª assistência da armadora no jogo, somadas a 15 pontos, 10 rebotes e 10 roubadas de bola. Foi o quarto quádruplo-duplo na história da competição e o último havia sido há quase 25 anos.

“Ela é muito altruísta. Shakyla precisou fazer muito mais no ano passado, porque não tínhamos muitas peças à disposição. Agora, está rodeada de jogadoras que se alimentam do que ela tem para oferecer. Conseguir um quádruplo-duplo é apenas consequência e comprovação de seu trabalho duro”, disse Freddie Murray, técnico do Grambling State, em entrevista ao site oficial do torneio.

O último quádruplo-duplo entre as mulheres na primeira divisão do basquete universitário dos EUA foi em janeiro de 1993. Sonja Tate, do Arkansas State, fez 29 pontos, 14 rebotes, 10 assistências e 10 roubadas de bola. Antes, Ramona Jones, do Lamar, teve 10/10/10/12, em 1991, e Veronica Perry, do Loyola Chicago, registrou o feito pela primeira vez em 1989, com 12/10/22/11.

No basquete masculino da NCAA (entidade que comanda o esporte universitário nos EUA), o único homem a conseguir um quádruplo-duplo até hoje foi Lester Hudson, pelo Tennessee-Martin, em 2007. Na NBA, a liga profissional de basquete no País, o quádruplo-duplo também já aconteceu quatro vezes, e o último jogador a atingir a marca foi David Robinson, do San Antonio Spurs, em 1994.