Maluquices e falhas na tabela do Brasileiro. Quais times ganham e perdem com isso?

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

O engenheiro Horacio Nelson Wendel, 67 anos foi o responsável pela confecção da tabela do Campeonato Brasileiro entre 2001 e 2003, utilizando critérios matemáticos para a melhor distribuição das partidas e seus locais. Após o fracasso da Copa João Havelange em 2000, com 118 clubes, foi contratado para elaborar as tabelas da Série A de 2001 com 28 clubes, turno único de 27 rodadas e 378 jogos, a da Série B.

Em 2002 mais uma vez teve a tarefa, mas com 26 clubes na primeira divisão nacional, um turno novamente, 25 rodadas e 325 partidas, além da tabela da Segundona. Foi também o responsável pela confecção da primeira tabela de pontos corridos em 2003, turno e returno com 24 clubes e 552 jogos, além da Série B naquele ano.

Jogos mais duros significam maior desgaste e riscos de desfalques nas partidas seguintes. Quando a sequência prevê "pedreiras", pior. Em contrapartida, uma sequência mais tranquila com rivais fracos e jogos em casa pode servir como "remédio" para uma recuperação no campeonato. Além disso, se bem aproveitada a série permite ao time em questão jogar mais tranquilo contra os fortes se for capaz de abrir vantagem de pontos.

Ele enviou ao blog o material abaixo, um levantamento de incoerências na determinação de locais dos cotejos e seus mandos na Série A 2016, que reproduzimos. Leia e reflita: faz sentido tanta confusão em algo que poderia ser bem mais simples? Sem esquecer que uma sequência de pelejas contra adversários mais fáceis ou difíceis pode pesar no andamento do certame. 

*********************

No Brasileirão 2014, a CBF cometeu 265 erros, foram 148 erros matemáticos e de logística na tabela, e 117 partidas transferidas de dia, hora ou local, nos 380 jogos. Em 2013 a CBF quebrou seu próprio recorde de 132 partidas transferidas, e mantém em seu site, com orgulho, a relação dos jogos alterados. Em 2016, quebrará seu recorde novamente? Até a rodada 13, registramos as seguintes frentes de erros, e suas consequências:

1) Clubes que jogam quatro vezes seguidas em sua cidade — permitem-se no máximo dois jogos seguidos em casa:
América - Rodadas 3 - 4 - 5 - 6 = 2 erros
Fluminense - Rodadas 22 - 23 - 24 - 25 = 2 erros.
São Paulo - Rodadas 22 - 23 - 24 - 25 = 2 erros

2) Clubes que jogam três vezes seguidas em casae/ou na cidade onde está sediada, em duas sequências diferentes:
Palmeiras - Sequência 1 - Rodadas 3 - 4 - 5 e Sequência 2 - Rodadas 25 - 26 - 27 = 2 erros
Botafogo - Sequência 1 - Rodadas 3 - 4 - 5 e Sequência 2 - Rodadas 33 - 34 - 35 = 2 erros
Cruzeiro - Sequência 1 - Rodadas 6 - 7 - 8 e Sequência 2 - Rodadas 22 - 23 - 24 = 2 erros

3) Clube que joga quatro vezes seguidas em casae/ou na cidade onde está sediada, e depois joga três vezes seguidas em casa:

Atlético MG - Sequência 1 - Rodadas 9 - 10 - 11 - 12 e Sequência 2 - Rodadas 25 - 26 - 27 = 3 erros.

4) Clubes que jogam três vezes seguidas em casa:
Grêmio - Rodadas 12 - 13 - 14 = 1 erro
Internacional - Rodadas 31 - 32 - 33 - 1 erro
Coritiba - Rodadas 30 - 31 - 32 = 1 erro.
Atlético PR - Rodadas 11 - 12 - 13 = 1 erro
Corinthians - Rodadas 5 - 6 - 7 = 1 erro
Flamengo - Rodadas 14 - 15 - 16 = 1 erro
Sport - Rodadas 4 - 5 - 6 = 1 erro
Santa Cruz - 23 - 24 - 25 = 1 erro
Total de erros desse critério = 23
Se Vitória, Santos, Ponte Preta, Figueirense e Chapecoense não têm erro nesse critério, a CBF mostra que não domina a metodologia, é parcial com clubes beneficiados.

5) O pior vem agora, o critério acima provoca vantagens extremas a Palmeiras, Atlético-MG, América, Fluminense, Botafogo e São Paulo porque mantêm na sequência de rodadas uma diferença de dois jogos a mais em casa. Pelo bom senso, ao final do primeiro turno permite-se 10 x 9 ou 9 x 10 no placar de jogos em casa x fora de casa.
O Palmeiras tem na rodada 19 o placar de 10 x 9, mas manteve até a rodada 10, o placar de 6 x 4, com sete jogos em São Paulo e três jogos fora de São Paulo. O Atlético-MG tem na rodada 19 o placar de 10 x 9, mas mantém da rodada 9 até a rodada 12, o placar de 7 x 5, com oito jogos em Belo Horizonte e quatro jogos fora da cidade.
O América tem na rodada 19 o placar de 10 x 9, mas já na rodada 6 manteve o placar de 4 x 2, com cinco jogos em Belo Horizonte, e um jogo fora de Belo Horizonte.
O Botafogo tem na rodada 19 o placar de 10 x 9, mas mantém já na rodada 8 o placar de 5 a 3, com seis jogos no Rio e dois jogos fora.
O Fluminense tem na rodada 19 o placar de 9 x 10, mas a partir da rodada 25 tem o placar de 14 x 11, cuja diferença se reduz a dois jogos e se mantém até a rodada 35, a três do final.
O São Paulo tem na rodada 19 o placar de 9 x 10, mas a partir da rodada 25 tem o placar de 14 x 11, cuja diferença se reduz a dois jogos e se mantém até a rodada 35, a três do final.
Os 4 clubes com placar de 10 x 9 na metade do campeonato tem vantagem de dois jogos a mais no inicio do campeonato: Palmeiras, Atlético-MG, América e Botafogo.
Por outro lado, outros quatro clubes têm dois jogos a mais fora de casa, no mesmo momento do campeonato em que os quatro beneficiados têm dois jogos a mais em casa.
Isto significa uma diferença de quatro jogos, são 12 pontos em jogo, onde os beneficiados têm a chance de disparar na frente, criar motivação.
Este é um fato muito grave, nunca vista em nenhuma confederação pelo mundo, digna de impugnar a tabela, principalmente porque existe metodologia que evita esta distorção, onde a CBF, embora tenha cometido erro não intencional, e sabe disso, mas confia que o fato passe despercebido, ou sempre acha desculpa, ou não responde quando contestada, para não tornar publica sua incompetência.
Os quatro clubes prejudicados no inicio da tabela são Cruzeiro, placar de 5 x 7 na rodada 12, oposto do Atlético-MG que tem 7 x 5 na mesma rodada.
O Atlético-PR tem 3 x 5 na rodada 8, oposto do Botafogo com 5 x 3 na mesma rodada.
A Ponte Preta tem 2 x 4 na rodada 6, oposto do América que tem 4 x 2 na mesma rodada.
O Santos tem 4 x 6 na rodada 10, oposto do Palmeiras que tem 6 x 4 na mesma rodada.
Pontuação - Em cada uma das 38 rodadas, foi examinada a situação de cada um dos 20 clubes, com relação à diferença de jogos em casa e fora de casa.
Diferença de 3 jogos = 2 erros por clube por rodada
Diferença de 2 jogos = 1 erro por clube por rodada.
Diferença de 1 jogo, ou jogos iguais em casa e fora de casa = nenhum erro.
Total de erros para diferença de 3 jogos = 30 erros
Total de erros para diferença de 2 jogos = 47 erros
Total de erros = 77

6) Os 15 clássicos entre os seis clubes do Rio e São Paulo, devem estar programados um por rodada, durante 15 rodadas seguidas, entre as rodadas 3 e 17, para não haver clássicos nas rodadas 1 - 2 - 18 - 19, e também permitir que os torcedores paulistas e cariocas assistam a todos os clássicos, seja no estádio ou TV.
Jogos entre Flamengo - Fluminense - Botafogo - Corinthians - São Paulo - Palmeiras.
A tabela da CBF não tem nenhum clássico nas rodadas 10 - 13 - 14 - 16 = 4 erros.
A tabela da CBF tem 2 clássicos nas rodadas 4 - 9 - 15 = 2 erros
A tabela da CBF tem 1 clássico na rodada 1, não permitido = 1 erro.
Total de erros = 7

7) Os 45 clássicos entre os 10 maiores clubes do Rio, São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre devem estar programados três clássicos por rodada, um sábado, um domingo, um segunda durante 15 rodadas, entre as rodadas 3 e 17, para não haver clássicos nas rodadas 1, 2, 18 e 19, e também permitir que torcedores dessas 4 praças assistam a todos os jogos, no estádio ou no pay-per-view.
A tabela da CBF programa 4 clássicos nas rodadas 5 - 15 = 2 erros
A tabela da CBF programa 2 clássicos nas rodadas 3 - 4 - 6 - 13 - 16 - 17 = 6 erros.
A tabela da CBF programa 1 clássico na rodada 1, não permitido = 1 erro.
A tabela da CBF programa 2 clássicos na rodada 2, não permitido = 2 erros.
A tabela da CBF programa 2 clássicos na rodada 18, não permitido = 2 erros.
A tabela da CBF programa 3 clássicos na rodada 19, não permitido = 3 erros.
Total de erros = 16 erros.

8) Em cada rodada, a Globo programa o mesmo dia e horário, para os jogos de 2 clubes da mesma cidade, para prender em casa o assinante do pay-per -view, inibindo-o de ir ao estádio.
Se os dois jogos fossem a tarde e a noite, no mesmo dia, ou sábado e domingo, as duas torcidas poderiam acompanhar os dois jogos. Isso mostra como a Globo colabora para a fuga dos estádios.
Exemplo - Na rodada 12, jogaram Grêmio x Santos em Porto Alegre e Flamengo x Internacional em Cariacica, ambos dia 29 de junho, quarta feira as 19h30.
Total de erros em 13 rodadas realizadas = total de jogos simultâneos de clubes da mesma cidade = 19 erros.

9) Por ser polemico, nos primeiros 20 domingos, de 15 de maio (Rodada 1) até 2 de outubro (Rodada 29), deveria haver apenas um jogo às 11 horas da manhã de domingo. Permitiria cada clube jogar duas vezes no horário matinal, uma vez em casa e uma fora, sem beneficio ou privilegio a nenhum. Como a CBF ainda não programou jogos das 11 horas até 2 de outubro, não é possível computar erros.

TOTAL GERAL DE ERROS NA TABELA SERIE A 2016 = 142 ERROS
Até a rodada 16, a CBF alterou ou programa alterar 62 jogos da Serie A, de horário, dia, ou estádio, ou então designar estádio anteriormente desconhecido, média de 4 jogos por rodada (40% dos jogos);

A CBF tem cinco meses para planejar o campeonato brasileiro entre o término do anterior e começo do próximo, impõe ao torcedor tabelas destinadas a uma lixeira, reflexo de sua permanente incompetência.

*********************

Clique aqui e veja a tabela do Campeonato Brasileiro

Fonte: Horacio Nelson Wendel, responsável pela tabela da Série A

Comentários

Maluquices e falhas na tabela do Brasileiro. Quais times ganham e perdem com isso?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Treinar pra quê? Sim, na pandemia, desde que em segurança, jogadores de futebol precisam voltar aos treinos

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira



Fonte: Mauro Cezar Pereira

Comentários

Treinar pra quê? Sim, na pandemia, desde que em segurança, jogadores de futebol precisam voltar aos treinos

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Balanço de 2019 do Galo assusta, será que o Atlético-MG vai ‘cruzeirar’?

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

Comentários

Balanço de 2019 do Galo assusta, será que o Atlético-MG vai ‘cruzeirar’?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Rodolfo Landim não dá coletiva e seleciona a quem concede entrevista. Por quê?

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

Rodolfo Landim não concede uma entrevista coletiva há tempos. No dia 8 de fevereiro de 2019 aconteceu a tragédia do Ninho do Urubu, quando morreram dez meninos das divisões de base do futebol. O presidente do Flamengo ficou, pela última vez, diante de vários jornalistas de diferentes veículos por alguns instantes, obviamente muito abalado pelo que acabara de acontecer.

Depois disso, nenhuma oportunidade para que a imprensa o entrevistasse, apenas uma espécie de pronunciamento conjunto com outros dirigentes ante perguntas antecipadamente selecionadas. Foi na Fla TV, perto do aniversário de morte dos garotos. Nessa segunda-feira (25), Landim falou na Fox Sports seis dias depois de ir a Brasília encontrar o presidente da República, Jair Bolsonaro, juntamente com o médico do clube Márcio Tannure e o presidente do Vasco, Alexandre Campello.

Os companheiros do programa comandado por Benjamin Back tiveram a chance de fazer ao mandatário rubro-negro perguntas que vários jornalistas de diversos jornais, sites, rádios e TVs gostariam de lhe dirigir. Só o episódio da ida ao Palácio do Planalto e o esforço do clube para retornar às atividades do futebol, sem que tenhamos chegado ao pico da pandemia de COVID-19, já renderia vários questionamentos.

13 perguntas para Landim, presidente do Flamengo; assista abaixo

Desde 27 de março, a ESPN convida Landim para participar de seus programas durante a quarentena, mas o clube não diz sim, nem não. Mandei, por intermédio da diretoria de comunicação, perguntas sobre sua entrevista a um canal de um banco de investimentos no YouTube. Elas foram enviadas em 12 de abril, cinco dias depois de publicado o vídeo, até hoje sem retorno.

No Linha de Passe da noite dessa segunda-feira, na ESPN Brasil, fiz 13 perguntas sem respostas (assista no vídeo acima) ou parcialmente respondidas entre a carta publicada pelo presidente do Flamengo e sua aparição na Fox. Foi a segunda vez de Landim na emissora em menos de dois meses, já que esteve no mesmo programa exatos 59 dias antes.

1) Por que o time do Flamengo já estava treinando simultaneamente à reunião em Brasília? Não seria mais lógico aguardar autorizações?

2) Por que o Flamengo não propôs aos governos municipal e estadual que seus profissionais ficassem confinados dentro do CT (depois dos testes negativos) num autêntico ninguém entra-ninguém sai, treinando por duas, três semanas, para então voltar às atividades?

3) A morte do massagista Jorginho não fez a diretoria do Flamengo repensar essa estratégia para a volta aos treinos?

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo
Rodolfo Landim, presidente do Flamengo Getty

4) Quem teve a iniciativa de marcar a reunião em Brasília?

5) Por que não uma videoconferência em tempos de redução de custos (mais ainda para o Vasco)?

6) Por que todos estavam sem máscara?

7) O que conversaram?

8) Qual o resultado da reunião?

9) O fato de o presidente tratar a pandemia como trata, dizendo que não é coveiro quando chegou-se a 5 mil mortos pela COVID no Brasil, o estímulo a aglomerações, ou seja, o fato de ele lidar com a crise dessa forma não foi considerado pelo senhor ao vincular o Flamengo à imagem dele?

10) Era necessário entregar camisa e transformar a conversa em quase homenagem?

11) O Flamengo emitiu nota quando grupo de associados homenageou Stuart Angel (atleta do clube torturado e morto na ditadura militar) alegando que "não se posiciona sobre assuntos políticos". Mas o que são tantos encontros com Presidente, prefeito etc?

12) Se a prefeitura não havia autorizado que os times treinassem, por que o ex-árbitro e atual secretário de Ordem Pública do Rio de Janeiro, Gutemberg de Paula Fonseca, o acompanhou até Brasília?

13) Na entrevista à Fox o senhor deixou claro que não é favorável ao confinamento sugerido pelas autoridades sanitárias municipais e estaduais. O fato de discordar dá ao Flamengo o direito de treinar sem autorização, como fez na terça-feira passada?

Comentários

Rodolfo Landim não dá coletiva e seleciona a quem concede entrevista. Por quê?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Após Flamengo dobrar políticos para treinar, não se surpreenda se outros clubes seguirem o mesmo caminho

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira


Fonte: Mauro Cezar Pereira

Comentários

Após Flamengo dobrar políticos para treinar, não se surpreenda se outros clubes seguirem o mesmo caminho

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Desejado por Botafogo e Vasco, Yaya Touré teve fase de acomodação em sua reta final no Manchester City. Valerá a pena?

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

O candidato à presidência do Vasco, Luiz Roberto Leven Siano, afirma já ter um contrato assinado com o marfinense Yaya Touré para que o jogador defenda o clube cruzmaltino a partir de janeiro de 2021... se for eleito.

Fonte: Mauro Cezar Pereira

Comentários

Desejado por Botafogo e Vasco, Yaya Touré teve fase de acomodação em sua reta final no Manchester City. Valerá a pena?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Cruzeiro sofre para pagar salários, e cariocas e paulistas, apesar da enorme crise, ameaçam 'cruzeirar'

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira



Fonte: Mauro Cezar Pereira

Comentários

Cruzeiro sofre para pagar salários, e cariocas e paulistas, apesar da enorme crise, ameaçam 'cruzeirar'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Gaúchos voltaram antes aos treinos e seguem os trabalhos. Estados têm diferenças enormes

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

Fonte: Mauro Cezar Pereira

Comentários

Gaúchos voltaram antes aos treinos e seguem os trabalhos. Estados têm diferenças enormes

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Tiago Nunes 'invade' live com Andrés. E daí? Buraco do Corinthians é financeiro e muito mais embaixo

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira



Comentários

Tiago Nunes 'invade' live com Andrés. E daí? Buraco do Corinthians é financeiro e muito mais embaixo

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Coudet viaja de carro da Argentina para Porto Alegre e volta a trabalhar no Inter nesta segunda

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

O Internacional tem previsão de volta aos treinamentos a partir desta terça-feira, dia 5 de maio. O mesmo vale para o Grêmio após a autorização dada pela Secretaria de Saúde de Porto Alegre. O técnico colorado, Eduardo Coudet, voltou de carro para a capital gaúcha, depois de passar parte da quarentena em seu país de origem, a Argentina.

Voos comerciais domésticos e internacionais no país vizinho estão vetados até o dia 1º de setembro. O treinador começou seu isolamento no Brasil e teve dificuldades para retornar ao território argentino, devido ao fechamento total da fronteira na cidade de Uruguaiana, em determinado momento. Até que o trajeto foi permitido e agora a volta.

"Eu não sei o que ele tem com aquele carro, mas adora e gosta mesmo de dirigir. Na vez anterior ele também veio assim para Porto Alegre", disse o presidente do Internacional, Marcelo Medeiros. 

Os quase 1,4 mil quilômetros que separam a capital argentina da gaúcha costumam ser percorridos de automóvel em aproximadamente 15 horas.

Grêmio x Inter ou Peñarol x Nacional? Aguirre elege a maior rivalidade no Bola da Vez; assista

Comentários

Coudet viaja de carro da Argentina para Porto Alegre e volta a trabalhar no Inter nesta segunda

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Jorge Jesus se mostra flexível, admite redução salarial e tendência de renovação com o Flamengo aumenta

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

Comentários

Jorge Jesus se mostra flexível, admite redução salarial e tendência de renovação com o Flamengo aumenta

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Vasco não pagou em 2020, mas presidente acha que não terá problemas. Pode isso?

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

Imagine alguém tomando conhecimento em algum lugar do mundo que existe um clube no Brasil que,  na véspera do quinto mês do ano, ainda não pagou salários em 2020 aos seus atletas. Esse é o caso do Vasco.

Até aí não temos uma novidade. Mas ainda assim chamam a atenção as palavras do presidente Alexandre Campello, que em Live do canal vascaíno no YouTube, disse que não acredita em problemas derivados de tamanho atraso.

Como pode alguém pensar assim? Será que a direção do clube imagina os jogadores como monges da paciência eterna? Homens capazes de trabalhar sem receber, como se fossem milionários excêntricos brincando de jogadores de futebol?

É óbvio que existe o risco de jogadores irem até à justiça em busca de seus direitos. Isso mesmo, direitos. Afinal, eles não estão no Vasco fazendo favor, é o trabalho deles e nem todos, obviamente, são nomes consagrados e com dinheiro no banco que permita ficar longos meses em jejum financeiro.

E a responsabilidade da crise econômica vascaína não é do novo coronavírus. Ele veio para piorá-la, mas não a criou. Ela é obra daqueles que nos últimos anos comandaram o clube nesse mergulho no buraco em que está enfiado o Vasco.

Leandro Castán, Guarín, Fellipe Bastos e mais: jogadores do Vasco mantêm forma física em dia na quarentena; assista abaixo

Comentários

Vasco não pagou em 2020, mas presidente acha que não terá problemas. Pode isso?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Atlético-MG corre contra o tempo para quitar dívida em euros e não perder três pontos no Brasileirão. Por que os parceiros não ajudam?

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira



Comentários

Atlético-MG corre contra o tempo para quitar dívida em euros e não perder três pontos no Brasileirão. Por que os parceiros não ajudam?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Calote em pai de santo e conselheiros banidos. Enquanto muita coisa acontecia, torcedores do Cruzeiro atacavam jornalistas

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

         
     

Como se não bastasse o escândalo pelos problemas administrativo-financeiros que explodiu em 2019, culminando na crise dentro do time de futebol e o rebaixamento à segunda divisão, o Cruzeiro segue envergonhando sua torcida. O calote em um pai de santo revelado nesta quinta-feira, pelo UOL, é mais um passo celeste rumo ao topo da vergonha.

Wagner Pires de Sá, ex-presidente do Cruzeiro
Wagner Pires de Sá, ex-presidente do Cruzeiro Gazeta Press

A situação já esta muito além das dívidas e da polícia na sede do clube. Os vexames superam o constrangimento por uma queda à Série B, algo que até então jamais acontecera. Mas nada é por acaso. Toda essa crise foi construída por administrações marcadas por inúmeros problemas, ante a omissão de grande parte de sócios e torcedores.

Enquanto o time era competitivo e ganhava troféus, nada mais importava. E ai de quem tentasse abrir os olhos dessas pessoas. A "chave" do clube, a confiança incondicional era entregue por muitos cruzeirenses a qualquer um que aparecesse por lá com discurso populista e fazendo (falsas) promessas. O resultado não poderia ser outro.

Como relatou o companheiro Mário Marra, o Cruzeiro decidiu pela expulsão de 30 conselheiros efetivos e natos. Isso mesmo, 30! E o mais incrível, um deles é Gustavo Perrella, que ocupa a Diretoria de Projetos Estratégicos da CBF!!! E ele é filho do ex-presidente Zezé Perrella. 



         
     


O Superesportes relata que "Gustavo Perrella, de acordo com o ex-presidente Wagner Pires de Sá, prestou serviço de consultoria ao Cruzeiro durante três meses com remunerações de R$ 95 mil". E tem mais...

"Sérgio Nonato, ex-comentarista do programa Alterosa Esporte, assinou contrato de R$ 60 mil em abril de 2018. Duas semanas após o acordo, ele teve os vencimentos reajustados. No primeiro aditivo, recebeu luvas de R$ 300 mil, pagas em maio de 2018, e aumento salarial para R$ 75 mil a começar no mês de junho', relata o site.

Enquanto tudo isso, e muito mais, acontecia, muitos torcedores do Cruzeiro atacavam jornalistas. No mínimo algo pouco inteligente.

Fonte: Mauro Cezar Pereira

Comentários

Calote em pai de santo e conselheiros banidos. Enquanto muita coisa acontecia, torcedores do Cruzeiro atacavam jornalistas

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Calendário europeu ainda é a saída, mas a resistência persiste

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

A carta entregue pelos clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro à Rede Globo assegurando que 38 rodadas serão disputadas nos certames das duas principais divisões nacionais apenas confirma o óbvio. Seria suicídio reduzir a competição a 22 datas. 

A ideia de modificar a fórmula de disputa para mata-mata, como era a competição até 2002, jamais fez sentido. Especialistas em economia que estudam as finanças dos clubes afirmam isso. E é praticamente impossível deles discorda nesse assunto. 

Entrevistado pelo repórter Pedro Torre, Alexandre Rangel, sócio líder de Entretenimento Esportivo da Ernst & Young, reforçou a tese de César Grafietti, consultor do Itaú/BBA, com quem conversei na semana passada. Claro, com menos jogos a televisão pagará valores menores.

A grande questão será como encaixar as 38 datas em meio a Estaduais,  sendo disputados quando a pandemia de coronavírus interrompeu as partidas, Copa do Brasil, Libertadores e Copa Sul-americana. Segue a enorme resistência pela adoção do calendário internacional. 

Acompanhar o modelo adotado desde sempre pelos europeus e há um bom tempo na Argentina seria uma solução. Com impacto econômico pela eliminação de meia temporada, algo quase inevitável ante a atual paralisação forçada. Essa é uma das alegação dos opositores dessa medida. 

Mas em meio ao momento, ninguém acenou com proposta melhor, entidades diversas apenas reafirmam que seus certames serão concluídos, mas ninguém pode, no momento, explicar como. É evidente que passa da hora de se estudar a melhor maneira de se adaptar ao que se faz na maior parte do mundo. 

Fim de Brasileirão, hora de contratação
Fim de Brasileirão, hora de contratação Getty

Comentários

Calendário europeu ainda é a saída, mas a resistência persiste

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Clube da Premier League é adquirido por milionário envolvido em assassinato, segundo a ONU

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

         
     

Fonte: Mauro Cezar Pereira

Comentários

Clube da Premier League é adquirido por milionário envolvido em assassinato, segundo a ONU

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Flamengo não vai quebrar por pegar R$ 40 milhões emprestados. Se isso um dia acontecer, será por outras razões

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

Mauro explica empréstimo feito pelo clube carioca:


         
     

Fonte: Mauro Cezar Pereira

Comentários

Flamengo não vai quebrar por pegar R$ 40 milhões emprestados. Se isso um dia acontecer, será por outras razões

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Só irresponsáveis falarão em contratações e bola rolando: futebol tenta é sobreviver

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

O ex-presidente do Botafogo Carlos Augusto Montenegro fez críticas pesadas ao Flamengo, que, segundo ele, estaria forçando a barra para que o futebol volte o quanto antes. Os rubro-negros fizeram uma programação para retornar aos treinos dia 21, terça-feira que vem, o que parece impossível. Até agora essa ideia não foi transformada em fato.

Evidentemente, ninguém deve ou pode acelerar um processo colocando em risco as pessoas, sejam os atletas mais bem remunerados, os árbitros ou os gandulas. Mas há quem demonstre pressa, muita pressa. 

[]

O futebol parado significa a desgraça desse setor da economia. Clubes perdem receitas e ficam asfixiados financeiramente. Não recebem o que deveriam em condições normais e não sabem quando a vida se reaproximará do que era. O cenário é evidentemente assustador.

A hora é de sobreviver. 

E a situação deveria unir a todos em torno de um só objetivo. A necessidade de voltar aos jogos é do Flamengo, do Botafogo, de todos, a questão é a impossibilidade do momento. E esse obstáculo precisa ser encarado como ele realmente é, imenso, hoje intransponível.

Não é hora de falar em bola rolando. Não é hora de falar em reforços e contratações, como insistem em fazer setores da mídia esportiva em praticamente todo o mundo. É hora de priorizar a sobrevivência. De lutar por ela. 

Não é hora de dar ouvidos a irresponsáveis e pseudoilusionistas.

VÍDEO: Mauro Cezar explica por que 'papel de Bandeira na reconstrução do Flamengo não é o imaginado'; ASSISTA

Comentários

Só irresponsáveis falarão em contratações e bola rolando: futebol tenta é sobreviver

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Mais que vender direitos do Brasileiro, clubes devem brigar por boa exposição no exterior

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira

'Para tapar buraco de grade e mostrar Corinthians x Flamengo 3h da madrugada para ninguém ver só vale pelo dinheiro', disse Mauro Cezar Pereira. 

Comentários

Mais que vender direitos do Brasileiro, clubes devem brigar por boa exposição no exterior

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Messi x Cristiano Ronaldo, quem finaliza mais? E quem tem a melhor pontaria?

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira
Ambulante vende máscaras de Messi e Cristiano Ronaldo no México
Ambulante vende máscaras de Messi e Cristiano Ronaldo no México Pedro Pardo/Getty Images

Messi e Cristiano Ronaldo, os dois maiores jogadores desta 'era', duelam em várias frentes e momentos há anos. Mas qual deles tem a melhor pontaria? Claro, são atacantes de perfis diferentes, mas que têm em comum o apetite pelo gol e as enormes quantidades de tentos. 

Vejamos como o português e o argentino se saíram em partidas oficiais neste tempo todo.

A ferramenta TruMedia/ESPN registra que Cristiano Ronaldo, em 570 jogos, finalizou 3.605 vezes, marcando 536 gols, desde 2004. Ele precisou de 6,72 arremates, em média, para marcar. 

Messi, em 541 aparições, somou 2.619 chutes e cabeceios, com 508 gols, a partir de 2006. Isto significa 5,15 tentativas para cada bola nas redes.

Por todos os ângulos, veja abaixo como Lionel Messi faz o impossível parecer fácil

Na atual temporada, o argentino do Barcelona tem 142 finalizações, 58 certas (isto é, na direção da meta rival), com 31 gols; Cristiano Ronaldo, pela Juventus e no mesmo período, soma 180 arremates, 51 no alvo e 33 tentos. 

Quando a bola voltar a rolar, o show recomeçará e, com isso, os velhos duelos entre os dois. Espetaculares!

Comentários

Messi x Cristiano Ronaldo, quem finaliza mais? E quem tem a melhor pontaria?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

Atraso de pagamento da Adidas ainda não preocupa Flamengo 'com gordura'. Mas qual será o limite?

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira


LEIA TAMBÉM: Adidas atrasa parcela de quase R$ 9 milhões ao Flamengo

Fonte: Mauro Cezar Pereira

Comentários

Atraso de pagamento da Adidas ainda não preocupa Flamengo 'com gordura'. Mas qual será o limite?

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.

mais postsLoading