WRC - Campeonato Mundial - Rally da Suécia: Thierry Neuville vence e assume a liderança da temporada 2018

Klever Kolberg é engenheiro, palestrante e piloto do Brasil no Rally Dakar

Divulgação - Jaanus Ree
Thierry Neuville / Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupe WRC)
Thierry Neuville / Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupe WRC)
O belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupe WRC) venceu o Rally da Suécia, 2ª etapa do Campeonato Mundial de Rally – WRC. Com o resultado Neuville assumiu a liderança da temporada 2018. O irlandês Craig Breen (Citroën C3 WRC) conquistou a segunda colocação e o norueguês Andreas Mikkelsen (Hyundai i20 Coupe WRC) completou o pódio.

Após o incrível acidente que lhe custou a vitória na última especial disputada na Suécia em 2017, o vice-campeão da temporada passada redimiu-se conquistando um inteligente sucesso neste ano. Ele é o terceiro piloto não nórdico a vencer a prova sueca.

Divulgação - Jaanus Ree
Andreas Mikkelsen / Anders Jaeger (Hyundai i20 Coupe WRC)
Andreas Mikkelsen / Anders Jaeger (Hyundai i20 Coupe WRC)
Nevuville perdeu um algum tempo na manhã da sexta-feira quando teve um problema elétrico com a borboleta que faz as mudanças de velocidades. Mas ainda no primeiro dia de prova, assumiu a liderança e soube controlar os adversários, vencendo cinco especiais.

Divulgação - Jaanus Ree
Sébastien Ogier / Julien Ingrassia (Ford Fiesta WRC)
Sébastien Ogier / Julien Ingrassia (Ford Fiesta WRC)
A prova começou com a liderança do estoniano Ott Tänak (Toyota Yaris WRC), mas as difíceis condições dos trechos cronometrados, com muito gelo e neve devido ao frio extremo deste inverno europeu, acabaram prejudicando os pilotos que largaram na frente após a conquista do pódio na primeira etapa, em Monte Carlo, justamente Tänak, segundo colocado, o francês Sébastien Ogier (Ford Fiesta WRC), vencedor da etapa e o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris WRC), terceiro colocado na abertura do mundial.

Divulgação - Jaanus Ree
Craig Breen / Scott Martin (Citroën C3 WRC)
Craig Breen / Scott Martin (Citroën C3 WRC)
Breen fez uma prova consistente, foi montando posições na classificação e chegou a segunda colocação na manhã de sábado quando superou Andreas Mikkelsen. Breen foi sólido e conseguiu segurar os ataques norueguês, companheiro de equipe de Neuville.

Divulgação - Jaanus Ree
Esapekka Lappi / Janne Ferm (Toyota Yaris WRC)
Esapekka Lappi / Janne Ferm (Toyota Yaris WRC)
O jovem finlandês Esapekka Lappi (Toyota Yaris WRC) chegou a pressionar Neuville, mas um pequeno erro resultou na perda de tempo para desencalhar seu Yaris de um banco de neve. Fazendo uma excelente prova de recuperação, conseguiu superar o neozelandês Hayden Paddon na última especial, conquistando a quarta colocação.

A próxima etapa do Campeonato Mundial de Rally – WRC acontecerá no México, entre os dias 8 e 11 de março.

Classificação final do Rally da Suécia:

1. T. Neuville / N. Gilsoul (Hyundai i20 Coupe WRC): 2:52:13.1

2. C. Breen / S. Martin (Citroën C3 WRC): + 19.8

3. A. Mikkelsen / A. Jaeger (Hyundai i20 Coupe WRC): + 28.3

4. E. Lappi / J. Ferm (Toyota Yaris WRC): + 45.8

5. H. Paddon / J. Kennard (Hyundai i20 Coupe WRC) + 54.4

6. M. Ostberg / T. Eriksen (Citroën C3 WRC): + 1:15.3

7. J.M. Latvala / M. Anttila (Toyota Yaris WRC): + 2:04.9

8. T. Suninen / M. Markkula (Ford Fiesta WRC) + 2:52.2

9. O. Tänak / M. Jarveoja (Toyota Yaris WRC) +29.2

10. S. Ogier / J. Ingrassia (Ford Fiesta WRC) +59.5

Classificação do Campeonato Mundial de Pilotos WRC após o Rally da Suécia

1. Thierry Neuville - 41 pontos

2. Sébastien Ogier - 30 pontos

3. Jari-Matti Latvala - 23 pontos

4. Esapekka Lappi – 23 pontos

5. Ott Tänak – 21 pontos

6. Andreas Mikkelsen – 21 pontos

7. Craig Breen - 20 pontos

8. Kris Meeke - 17 pontos

9. Hayden Paddon - 10 pontos

10. Elfyn Evans - 9 pontos

Rally Dakar 2018 - 14ª e última etapa SxS: Brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin são campeões

Klever Kolberg é engenheiro, palestrante e piloto do Brasil no Rally Dakar

Divulgação - José Mario Dias / Fotop
Reinaldo Varela   / Gustavo Gugelmin (Can-Am Maverick X3)
Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin (Can-Am Maverick X3)

A dupla dos brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin (Can-Am Maverick X3) foi a vencedora da categoria SxS do Rally Dakar 2018.

Varela e Gugelmin tiveram dificuldades no primeiro dia de prova. A partir do segundo dia a dupla iniciou uma recuperação, conquistando a liderança do rally na 5ª etapa, mantendo a 1ª posição até o final.

Este foi o segundo título de uma equipe brasileira na categoria SxS. Em 2017 a dupla Leandro Torres e Lourival Roldan foi a campeã.

Classificação final dos SxS após 14 etapas (extraoficial):

1 - Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin (Can-Am Maverick X3): 72:44:06

2 - Patrice Garrouste / Steven Griener (Polaris RZR 1000 Turbo): + 00:57:37

3 - Claude Fournier / Symon Gospodarczyk (Polaris RZR 1000 T): + 10:0925

4 - Jose Luis P Campo / Rafael Cordoba (Polaris RZR 1000 Turbo): + 10:13:20

5 - Camelia Liparoti / Angelo Montico (Yamaha YXZ 1000R): + 27:54:15

Rally Dakar 2018 - 14ª Etapa Carros: Carlos Sainz conquista o bicampeonato

Klever Kolberg é engenheiro, palestrante e piloto do Brasil no Rally Dakar

Divulgação - Flavien Duhamel
Carlos Sainz / Lucas Cruz (Peugeot 3008DKR Maxi)
Carlos Sainz / Lucas Cruz (Peugeot 3008DKR Maxi)

A dupla dos espanhóis Carlos Sainz e Lucas Cruz (Peugeot 3008DKR Maxi) conquistou o bicampeonato do Rally Dakar. O primeiro título da dupla foi em 2010, correndo pela Volkswagen.

Sainz e Cruz fizeram uma prova segura, com uma estratégia de bons resultados e administrando uma grande vantagem conquistada no final da 7ª etapa.

Divulgação - Eric Vargiolu / DPPI
Nasser Al-Attiyah  / Mattieu Baumel (Toyota Hilux V8)
Nasser Al-Attiyah / Mattieu Baumel (Toyota Hilux V8)

A dupla do catariano Nasser Al-Attiyah, bicampeão do Dakar (2011 e 2015) e o inglês Matthieu Baumel, campeão do dakar em 2015 (Toyota Hilux V8) foi a vice-campeã da prova.

Divulgação - A. Vialatte
Giniel de Villiers / Dirk Von Zitzewitz (Toyota Hilux V8)
Giniel de Villiers / Dirk Von Zitzewitz (Toyota Hilux V8)

O terceiro degrau do pódio foi conquistado pela dupla campeã do Dakar em 2009, formada pelo sul-africano Giniel de Villiers e o alemão Dirk Von Zitzewitz (Toyota Hilux V8). Eles foram os vencedores da 14ª e última etapa, realizada neste sábado, dia 20/01.

Divulgação - Flavien Duhamel
Stéphane Peterhansel / Jean-Paul Cottret (Peugeot 3008DKR Maxi)
Stéphane Peterhansel / Jean-Paul Cottret (Peugeot 3008DKR Maxi)

A dupla dos franceses Stéphane Peterhansel e Jean-Paul Cottret (Peugeot 3008DKR Maxi), que defendia os títulos de 2012, 2013, 2016 e 2016 teve uma segunda metade de prova repleta de problemas. Depois de liderar o início da prova, finalizaram na 4ª colocação.


Classificação Carros da 14ª etapa (extraoficial):

1 - Giniel de Villiers / Dirk Von Zitzewitz (Toyota Hilux V8): 01:26:29

2 - Stéphane Peterhansel / J P Cottret (Peugeot 3008DKR Maxi): + 00:00:40

3 - Nasser Al-Attiyah / Matthieu Baumel (Toyota Hilux V8): + 00:00:41

4 - Lucio Alvarez / Robert Howie (Toyota Hilux V8): + 00:00:43

5 - Peter Van Merksteijn / Maciej Marton (Toyota Hilux V8): + 00:02:06

Classificação final dos Carros após 14 etapas (extraoficial):

1 - Carlos Sainz / Lucas Cruz (Peugeot 3008DKR Maxi): 49:16:18

2 - Nasser Al-Attiyah / Matthieu Baumel (Toyota Hilux V8): + 00:43:40

3 - Giniel de Villiers / Dirk Von Zitzewitz (Toyota Hilux V8): + 01:16:41

4 - Stéphane Peterhansel / J P Cottret (Peugeot 3008DKR Maxi): + 01:25:25

5 - Jakub Przygonski / Tom Colsoul (Mini J C Works Rally): + 02:45:24

Rally Dakar 2018 - 14ª e ùltima Etapa Motos: Matthias Walkner conquista o título, o 17º consecutivo da KTM

Klever Kolberg é engenheiro, palestrante e piloto do Brasil no Rally Dakar

Divulgação - Eric Vargiolu / DPPI
Matthias Walkner (KTM 450 Rally)
Matthias Walkner (KTM 450 Rally)

O austríaco Matthias Walkner (KTM 450 Rally) é o campeão do Rally Dakar 2018. A prova terminou neste sábado, dia 20/01, com a realização da 14ª e última etapa neste sábado, dia 20/01.

Com o resultado a equipe da fábrica KTM de motocicletas manteve sua invencibilidade na América do Sul, conquistando seu 17º título consecutivo.

Divulgação
Kevin Benavides (Honda CRF450 Rally)
Kevin Benavides (Honda CRF450 Rally)

O argentino Kevin Benavides (Honda CRF450 Rally) foi o vice-campeão da prova. Kevin foi o vencedor da última etapa, numa disputa direta com o australiano Toby Price (KTM 450 Rally), 2º colocado neste sábado e 3º colocado na classificação acumulada após 14 etapas.

Divulgação - Flavien Duhamel
Toby Price (KTM 450 Rally)
Toby Price (KTM 450 Rally)

Classificação Motos da 14ª etapa (extraoficial):

1 - Kevin Benavides (Honda CRF450 Rally): 01:26:41

2 - Toby Price (KTM 450 Rally): + 00:00:54

3 - Antoine Meo (KTM 450 Rally): + 00:02:49

4 - Daniel Oliveras Carreras Walkner (KTM 450 Rally Replica): + 00:03:25

5 - Johnny Aubert (Gas Gas Rally Replica 450): + 00:15:12

Classificação Final Motos após 14 etapas (extraoficial):

1 - Matthias Walkner (KTM 450 Rally): 43:06:01

2 - Kevin Benavides (Honda CRF450 Rally): + 00:16:53

3 - Toby Price (KTM 450 Rally): + 00:23:01

4 - Antoine Meo (KTM 450 Rally): + 00:47:28

5 - Gerard Farres Guell (KTM 450 Rally Replica): + 01:01:04

Rally Dakar 2018 - 14ª e última etapa - Quadriciclos: Casale é bicampeão, Medeiros conquista a 4ª colocação

Klever Kolberg é engenheiro, palestrante e piloto do Brasil no Rally Dakar

Divulgação - Marcelo Maragni
Ignacio Casale (Yamaha Raptor 700)
Ignacio Casale (Yamaha Raptor 700)
O chileno Ignacio Casale (Yamaha Raptor 700) fechou com chave de ouro sua participação na 40ª edição do Rally Dakar. Ele se consagrou bicampeão da categoria Quadriciclos vencendo a 14ª e última etapa, disputada neste sábado, dia 20/01.

Divulgação - Eric Vargiolu / DPPI
Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700)
Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700)
O brasileiro Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700) ficou com a 4ª colocação na classificação acumulada após 14 etapas. Medeiros fez uma prova de recuperação após receber uma penalização na 1ª etapa por não passar em um waypoint de passagem obrigatória.

Esta foi a terceira participação do piloto maranhense na prova. Ele também disputou as edições de 2016 e 2017, mas não havia completado, abandonando devido a acidentes.

Classificação Quadriciclos da 14ª etapa (extraoficial):

1 - Ignacio Casale (Yamaha Raptor 700): 01:43:25

2 - Nelson Sanabria (Yamaha YZF 450): + 00:01:21

3 - Nicolas Cavigliasso (Yamaha YZF 450): + 00:01:36

9 - Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700): + 00:04:34

Classificação final Quadriciclos após 14 etapas (extraoficial):

1 - Ignacio Casale (Yamaha Raptor 700): 53:47:04

2 - Nicolas Cavigliasso (Yamaha YZF 450): + 01:38:52

3 - Jeremias Ferioli (Yamaha Raptor 700): + 02:08:14

4 - Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700): + 04:30:00

mais postsLoading