<
>

Astro da MLB assina contrato recorde de R$ 1,6 bilhão, mas não será o mais bem pago dos Estados Unidos

O Los Angeles Angels está acertando nesta terça-feira uma renovação de contrato recorde nos Estados Unidos com Mike Trout, dizem fontes à ESPN dos Estados Unidos. O acordo de 12 temporadas e 430 milhões de dólares (cerca de R$ 1,6 bilhão) é o maior da história em valores brutos no país.

Apesar da quantia impressionante, o centerfielder não será o atleta mais bem pago por lá. Isso se deve ao tamanho do vínculo, que dura mais de uma década, diminuindo os valores anuais.

Trout receberá 36 milhões de dólares por ano (cerca de R$ 136 milhões), também recorde MLB. Entretanto, ele será apenas o sétimo mais bem pago nas ligas americanas, tendo seis atletas da NBA a sua frente.

James Harden (R$ 158 milhões), John Wall (R$ 158 milhões), Russell Westbrook (R$ 154 milhões), Stephen Curry (R$ 150 milhões), Chris Paul (R$ 147 milhões) e LeBron James (R$ 143 milhões) recebem salários médios anuais maiores do que ganhará o jogador de baseball.

Trout também seria o mais bem pago anualmente na NFL, ultrapassando os R$ 126 milhões de Aaron Rodgers, e na NHL, deixando para trás Connor McDavid (R$ 47 milhões).

Se considerarmos o boxe, existe ainda um outro atleta mais bem pago. Trata-se do mexicano Saúl “Canelo” Álvarez, que recebe R$ 275 milhões por ano num acordo de cinco temporadas e apenas 11 lutas – são R$ 124 milhões por luta.

Trout está nos Angels desde 2011 e já foi MVP da Liga Americana em duas oportunidades.