<
>

Franca vence de novo, varre Mogi e volta à final do NBB após oito anos

O Sesi Franca está de volta à final do Novo Basquete Brasil após oito temporadas. Na noite desta sexta-feira, a equipe do interior paulista dominou o Mogi das Cruzes/Helbor, fez valer o fator quadra e venceu por 108 a 100 no Ginásio Pedrocão completamente lotado, fazendo 3 a 0 na série melhor de cinco e se garantindo na decisão do basquete nacional.

O grande destaque do Franca foi mais uma vez Lucas Dias. Com 24 pontos somados, o ala-pivô se credenciou como o principal jogador da série. O time francano ainda teve Hettsheimer com 13 pontos e sete rebotes contabilizados. Pelo lado do Mogi, JP Batista (22 pontos e 11 rebotes), Deodato (26 pontos) e Shamell (22 pontos) tiveram boas atuações, mas não conseguiram evitar a derrota.

A última vez que o Franca chegou à decisão do NBB aconteceu na temporada 2010-11, quando perdeu a taça para o Brasília. Agora, a equipe tem a chance de conquistar o inédito título do basquete nacional. Na finalíssima, o time Helinho Garcia espera o vencedor do clássico entre Flamengo e Botafogo. Os rubro-negros têm 2 a 0 na série e podem carimbar a vaga neste sábado, no terceiro jogo.

O Jogo – Aproveitando a atmosfera criada no Pedrocão completamente lotado, os donos da casa imprimiram um ritmo intenso e chegaram a abrir oito pontos de vantagem logo de cara. Após um início complicado, o Mogi cresceu de produção e conseguiu equilibrar a partida para diminuir a supremacia do rival no quarto inaugural: 30 a 24.

Dando continuidade à melhora do final da primeira parcial, o time visitante seguiu complicando o Franca. Aos poucos, no entanto, os anfitriões foram se soltando ainda mais na partida e voltaram a controlar as ações para levar um tranquilo 60 a 48 para o intervalo.

Ciente da necessidade de uma virada para seguir vivo no NBB, o Mogi voltou incisivo da parada, neutralizou o ataque adversário e voltou a proporcionar problemas ao Franca, mas não o bastante para diminuir substancialmente a diferença ao final do terceiro quarto: 84 a 73.

Determinado a surpreender na reta final, o Mogi deu tudo no começo da parcial decisiva e chegou a diminuir a diferença para seis pontos. Mas foi aí que a torcida francana apareceu. Sentindo o bom momento do rival, o ginásio entrou em ação e pareceu ter colocado o Franca de volta á partida. Assim, a equipe do interior paulista confirmou a vitória por 108 a 100, varreu o atual vice-campeão e voltou a uma final de NBB após oito anos.