<
>

Guilherme Giovannoni anuncia aposentadoria do basquete aos 38 anos

Guilherme Giovannoni, um dos ícones do basquete brasileiro, aposentou-se como atleta aos 38 anos. O anúncio foi feito durante transmissão da partida entre Philadelphia 76ers e Brooklyn Nets pelos playoffs da NBA, pelo próprio ex-jogador, que também é comentarista dos canais ESPN.

Depois de ter iniciado a carreira como atleta profissional em 1997 no Pinheiros, o ala-pivô jogou por mais de 20 anos, tendo conquistado o tricampeonato do NBB em 2010, 2011 e 2012, além de ter faturado a Liga Sul-Americana de Basquete em 2010, 2013 e 2015. Todas as conquistas foram pelo Brasília. Ele ainda foi eleito o MVP do Novo Basquete Brasil em 2011 e foi o melhor jogador das finais em 2011 e 2012.

Giovannoni ainda jogou boa parte da carreira na Europa, tendo sido campeão italiano em 2006 e da Copa da Itála pelo Pallacanestro Treviso. No mesmo país, o ala-pivô defendeu o Biella, o Rimini Crabs e o Virtus Bologna. Antes, jogou na Espanha por Fuenlabrada e Gijón e, posteriormente, atuou na Ucrânia pelo Kyiv.

No Brasil, além do Brasília e do Pinheiros, pelo qual teve uma segunda passagem, Giovannoni atuou por COC Ribeirão Preto e Vasco da Gama. Seu último time foi o Corinthians, com o qual disputou a atual edição do NBB. A equipe paulista foi eliminada pelo Flamengo nas quartas de final.

Pela seleção verde e amarela, o ala-pivô conquistou a Copa América duas vezes (2005 e 2009), faturou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos em 2003 e ganhou o Sul-Americano em 2003. Ele ainda disputou os Jogos Olímpicos em 2012 e 2016.

Agora, Giovanni dedica-se à função de comentarista de basquete dos canais ESPN, função para a qual foi anunciado em dezembro de 2018.