<
>

Ibarguen e Kipchoge são eleitos melhores do ano pela Federação Internacional

Nesta terça-feira, a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês) realizou a Festa de Gala da entidade em Monaco e premiou os melhores do ano. O prêmio ficou com a colombiana Caterine Ibarguen e o queniano Eliud Kipchoge.

Esta é a primeira vez depois de quatro indicações que Ibarguen conquista o prêmio, que veio depois de ela ser campeã das provas de salto em distância e salto triplo no maior circuito mundial da modalidade, a Diamond League. Além disso, ela soma no currículo duas medalhas olímpicas, quatro em Mundiais e três em Pan-Americanos.

“Gostaria de agradecer a todos os meus fãs e a toda a Colômbia por esse prêmio. O apoio que recebo das pessoas do meu país são enormes. Continuarei agradecendo pelo resto da minha vida”, declarou a colombiana de 34 anos, admitindo que estava nervosa.

Kipchonge, por sua vez, venceu a Maratona de Berlim e bateu o recorde mundial da categoria marcando o tempo de 2h01min39. Ele também tem um ouro olímpico na Rio 2016 em seu currículo, além de dez vitórias em 11 provas disputadas ao longo da carreira.

O queniano aproveitou para agradecer seus companheiros de maratona: “Esta noite é para todos vocês. Obrigado por virem e lhes desejo muita sorte em 2019”.