<
>

Pilares do Brasil na Copa, Miranda, Coutinho e Jesus chegam à convocação em baixa

Titulares nos cinco jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2018, Miranda, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus sofreram reviravoltas em suas carreiras de lá para cá. A um dia da convocação da Copa América, o trio, contestado nos seus respectivos clubes, vive tempos de incerteza.

Em pouco menos de um ano, Miranda perdeu o status de indiscutível da Seleção e passou a ser reserva na Internazionale de Milão. Desde agosto do último ano, o zagueiro atuou em apenas 19 jogos, amargando o banco de de suplentes em mais de metade das partidas (24) do time comandado por Luciano Spalletti, que prefere os jovens de Vrij e Skriniar.

Jesus vive situação parecida no Manchester City. O atacante é visto por Pep Guardiola como uma peça de reposição para o centroavante Kun Aguero e um “gás” novo para o segundo tempo, tanto é que atuou vindo da reserva em 22 das 60 partidas da equipe na temporada. Quando o argentino sofreu uma contusão delicada, o ex-Palmeiras ganhou uma sequência, mas não correspondeu.

Contratado pelo Barcelona no começo de 2018, Coutinho nunca engrenou e sofreu com críticas diversas críticas no decorrer de 2019. Na eliminação do Barça na Liga dos Campeões, por exemplo, o meio-campista deixou a partida na etapa final e o jornal espanhol Marca escreveu no Twitter que Semedo entrou “60 minutos mais tarde do que deveria”, dando a entender que o brasileiro não apareceu em campo.

O ex-Vasco, inclusive, foi alvo de reclamações da torcida. Após marcar um golaço diante do Manchester pela Champions, Coutinho colocou o dedo na orelha e direcionou a ação para a torcida, que não parou de vaiá-lo até o astro Lionel Messi intervir.

Na primeira convocação após a Copa do Mundo, Gabriel Jesus e Miranda foram ausências por opção de Tite. Em seguida, ambos voltaram a ser chamados e não ficaram mais de fora. Coutinho, por sua vez, foi lembrado em todas as quatro relações depois do Mundial.

Homens da confiança de Tite, mas em baixa em seus clubes, Coutinho, Jesus e Miranda devem fazer parte do grupo da Seleção Brasileira, que será anunciado nesta sexta-feira, para a Copa América. Ainda assim, a situação do trio deixa uma pulga atrás da orelha comandante brasileiro quantos ás suas titularidades.