<
>

Revista coloca LeBron, Salah, Tiger Woods, Alex Morgan, Ninja, Naomi Osaka e Caster Semenya entre mais influentes do mundo em 2019

play
Você conhece os atletas mais famosos do mundo no esporte? (3:48)

Desafiamos o fã do esporte a descobrir quem são os atletas que roubam a cena no planeta e apostamos que você vai errar (3:48)

Nesta quarta-feira, a revista Time publicou sua tradicional lista de 100 pessoas mais influentes do mundo neste ano.

Além de governantes, empresários e artistas, a publicação norte-americana escolheu sete esportistas para seu rol em três categorias: pioneiros, titãs e ícones.

Como ícone está Caster Semenya, bicampeã olímpica dos 800m rasos e que convive há anos com dúvidas por parte de competidores e entidades quanto a sua sexualidade (inclusive realizando testes de gênero).

Lenda do 400m com barreiras, Edwin Moses é quem escreve o perfil da atleta africana: "A elegibilidade esportiva, ela e outros dizem, não deve ser baseada em níveis hormonais ou outras diferenças de desenvolvimento sexual. Em última análise, esta questão incrivelmente difícil é um problema político para o esporte resolver".

Como pioneiros aparecem Ninja (esports) e Naomi Osaka (tênis).

O wide receiver Ju-Ju Smith-Schuster, do Pittsburgh Steelers, relembrou como o jogo de Fortnite o fez se aproximar de Ninja e decreta: Ele "foi gigante em construir a credibilidade de esports. No final das contas, Ninja é uma lenda absoluta, e alguém para quem nós devemos muito por fazer o game o que é hoje".

Chris Evert, uma das maiores jogadoras de tênis da história, elogiou a japonesa atual campeã de US Open e Australian Open. "Ninguém representa nosso futuro mais globalizado e multicultural melhor do que essa força de vida honesta, educada e autodepreciativa, uma potencial campeã pelos próximos anos", disse.

Já como titãs estão LeBron James (basquete), Tiger Woods (golfe), Alex Morgan e Mohamed Salah (futebol).

Sobre o egípcio astro do Liverpool, o apresentador John Oliver assim o define: "Mo Salah é melhor ser humano do que jogador de futebol. E ele é um dos melhores jogadores de futebol no mundo".

Mia Hamm, lendária atacante norte-americana, lembra que Alex Morgan luta pelo pagamento igual a homens e mulheres no futebol e estará na Copa do Mundo deste ano. "Jovem, ela é alguém que abraça sua habilidade para se conectar com seus fãs e gera mais ânimo para sua equipe e seu esporte".