<
>

UFC tem nocaute surreal de ex-campeão e brasileiro vencendo compatriota para ficar perto de cinturão

play
João Canalha tira braço de ferro com Amanda Nunes no Bola da Vez (0:43)

Apresentador brincou com a convidada e encerrou o programa com um braço de ferro (0:43)

Ex-campeão dos leves do UFC, Anthony Pettis estreou com estilo entre os meio-médios no UFC Nashville.

Na madrugada de sábado para domingo, ele derrotou Stephen "Wonderboy" Thompson com um nocaute surreal: um Superman punch - soco Super-Homem, na tradução literal - derrubou o rival com cinco segundos para o fim do segundo round na luta principal do evento.

Com a vitória na Bridgestone Arena, Pettis se tornou o terceiro lutador a ganhar lutas nas categorias pena, leve e meio-médio - ao lado de Kenny Florian e Conor McGregor.

Com card de 22 vitórias e oito derrotas, "Shotime" Pettis havia perdido cinco das últimas oito lutas desde que perdeu o cinturão dos leves, em 2015. Mas, ao menos por uma noite, ele voltou a brilhar e até ganhou o prêmio de 50 mil dólares (R$ 195 mil) pela 'Performance da Noite'.

Ainda no UFC Nashville, dois brasileiros se enfrentaram entre os moscas.

Jussier Formiga venceu Deiveson Figueiredo e se aproximou ainda mais da luta pelo cinturão da categoria. Ele dominou a luta e venceu na decisão dos juízes.

Formiga acabou com a invencibilidade de 15 lutas de Deiveson, chegou à sua quarta vitória consecutiva e é o primeiro no ranking dos moscas, agora à espera de Henry Cejudo, dono do cinturão.

Apesar disso, Formiga deve ter de esperar para ter chance de lutar pelo título, já que o campeão Cejudo deve disputar o cinturão da categoria de cima, dos galos, com o também brasileiro Marlon Moraes, segundo Dana White.