<
>

Mundial de surfe: Medina pode conquistar bi mundial ainda nesta etapa, enquanto Filipe Toledo e Julian Wilson esperam por chance no Havaí

O Circuito Mundial de Surfe chegou a sua reta final e os concorrentes ao título já foram definidos. Líder do ranking da WSL, Gabriel Medina pode sagrar-se bicampeão ainda nesta etapa, em Portugal, a penúltima da temporada. Já Filipe Toledo e Julian Wilson só teriam chances se a disputa continuasse em Pipeline, no Havaí.

Quem liderou o circuito durante a maior parte do ano foi Filipe Toledo, que venceu no Rio de Janeiro e em Jeffrey’s Bay, na África do Sul, pelo segundo ano consecutivo. Até então, todos pensavam que a corrida entre os dois brasileiros já era certa, até que o campeonato na França mudou tudo.

Além de ter sido eliminado precocemente pelo wildcard Ryan Callinan, Filipinho viu o seu pesadelo nesta temporada acontecer: Gabriel Medina chegar à final e Julian Wilson ser campeão, voltando à disputa em que já tinha sido dado como morto.

“Neste ponto da minha carreira, eu aprendi com as minhas derrotas. No passado, eu estaria muito envolvido e chateado com o que aconteceu. Agora, eu reconheci que muitas vezes não há nada que você possa fazer. Eu vou dar o meu melhor e ver o que acontece”, lamentou o dono da lycra 77.

A etapa de Portugal pode ser decisiva nesta briga. Os surfistas precisam torcer para que Gabriel Medina não chegue às eliminatórias e a disputa continue no Havaí, ‘Meca’ do surf mundial. No entanto, a praia de Supertubos, no continente europeu, é a mais equilibrada entre os três concorrentes.

Enquanto Gabriel Medina foi campeão no último ano sobre Julian Wilson, Filipe Toledo venceu em 2015 e o australiano em 2012.

“Depois da França, eu só estou feliz de ter voltado à conversa de título mundial”, disse Julian Wilson. “Está parecendo que vamos ser recepcionados por altas ondas aqui em Peniche”, completou o atleta.

Veja quais são as chances de cada um dos atletas.

  • Em Portugal, somente Gabriel Medina pode ser campeão mundial; Filipe Toledo e Julian Wilson podem conquistar no Havaí, dependendo dos resultados e das combinações.

  • Se Medina vencer o evento de Portugal, Toledo precisará pelo menos de um 9º lugar e Wilson de um terceiro para cima;

  • Se Medina terminar em segundo ou pior em Portugal, a decisão segue diretamente para o Havaí.

A próxima chamada acontece às 4h desta quarta-feira, e a disputa entrará ao vivo às 06h, com transmissão da ESPN2 e do WatchESPN.