<
>

WSL: Stephanie Gilmore é eliminada na França e brigará pelo hepta mundial no Havaí

Atual líder do ranking da WSL (World Surf League), a australiana Stephanie Gilmore tinha grandes chances de conquistar o seu sétimo título mundial ainda nesta etapa, que acontece na França, mas devido a uma eliminação precoce, a disputa continuará no último evento do ano, em Maui, no Havaí.

Pela matemática, a conta somente fecharia se Gilmore tivesse vencido no Pro France ou ficado pelo menos em terceiro lugar, mas ela acabou sendo eliminada na terceira fase da disputa, mesmo surfando a melhor onda da bateria. Foram duas notas, 4.27 e 8.27, formando uma média menor do que as de Courtney Conlogue e Malia Manuel, que avançaram.

Agora, a australiana terá que enfrentar uma grande adversária: a norte-americana Lakey Peterson. Com duas etapas vencidas (Gold Coast e Bali) somente nesta temporada, a atleta de 24 anos briga pelo seu primeiro mundial, contra os sete da veterana.

Gilmore estabeleceu uma dinastia entre 2007 e 2014, sendo campeã mundial por quatro anos seguidos (2007, 2008, 2009 e 2010) e, depois de uma lesão na perna, acabou ficando apagada e viu nomes como Carissa Moore e Tyler Wright aparecerem. Agora, ela está de volta, com uma campanha extremamente consistente.

São 6,915 que separam as duas surfistas, e contando que Peterson também não está mais na briga pela etapa francesa, a disputa será ainda mais difícil no Havaí, entre os dias 25 de novembro e 6 de dezembro, com transmissão da ESPN Extra e do WatchESPN.