<
>

Onde estão as 50 maiores revelações do Barcelona na década

Rafinha (à esq.), Thiago Alcântara (central) e Deulofeu (à dir.) começaram no Barcelona Arte ESPN: Thomas Polistchuk

Onde estão as maiores promessas de La Masía na década? Alguns triunfaram, outros estão sem clube e muitos sobrevivem no mundo modesto do futebol, entre segundas e terceiras divisões. O jornal esportivo Marca, da Espanha, trouxe uma lista com 50 jogadores revelados pelo Barcelona, mostrando o que aconteceu com eles. O livro "Senda de Campeones", de Martí Perarnau, foi usado como fonte.

Rubén Miño: sem clube, 29 anos, goleiro

Jogou no Barcelona B de 2008 a 2012 e chegou a fazer parte do elenco profissional em 2010. A partir de 2012, passou por Mallorca, Oviedo e AEK Larnaca e está sem time desde que saiu do Albacete.

Jordi Masip López: Real Valladolid, 29 anos, goleiro

Subiu para a primeira divisão da Espanha com o Valladolid, clube pelo qual soma mais de 40 jogos. No Barcelona, foi o terceiro goleiro durante três temporadas, chegando a jogar algumas partidas da Copa do Rei e também da LaLiga.

Pol Ballesté: sem clube, 23 anos, goleiro

Está no mercado desde a sua saída do Badajoz em maio. Começou no Barcelona e depois foi para o Atlético Malagueño. Ainda jogou no El Palo, Cádiz, Granada B e UCAM Murcia.

Fabrice Ondoa: KV Oostende, 22 anos, goleiro

Chegou ao KV Oostende este ano após passagem pelo Sevilla B, clube pelo qual quase não jogou. Foi campeão da Youth League pelo Barcelona em 2014 ao lado de Munir El Haddadi, atacante de 23 anos que segue no clube catalão.

Martín Montoya: Brighton, 27 anos, lateral-direito

Tinha tudo para ser o lateral-direito titular do Barcelona por muitos anos. Chegou a barrar Daniel Carvajal nas categorias de base da seleção espanhola. Em 2015, no entanto, foi emprestado para a Internazinoale, da Itália, onde jogou apenas quatro vezes. Em 2016, foi para o Betis em novo empréstimo. Depois, chegou de graça ao Valencia. Agora, o atleta está no Brighton & Hove Albion.

Albert Dalmau: Lleida Esportiu, 26 anos, lateral-direito

Chegou a ser relacionado por Guardiola para enfrentar o Atlético de Madrid em fevereiro de 2010, mas nem estreou na LaLiga. Deixou a equipe B do Barcelona para ir ao time de preparação do Valencia. Ainda jogou no Cádiz, Lugo, Córdoba, Hércules, Levante B e Sepsi Sfântu Gheorghe antes de chegar ao Lleida Esportiu, da Catalunia.

Héctor Bellerín: Arsenal, 23 anos, lateral- direito

Um dos laterais mais cobiçados do mundo. Chegou ao Arsenal aos 16 anos após começar na base do Barcelona e hoje é titular absoluto. Após um breve período no Watford, voltou aos Gunners e se consolidou como grande arma da equipe pela direita.

Marc Bartra: Betis, 27 anos, zagueiro

Estreou na equipe principal do Barcelona aos 19 anos em pleno Vicente Calderón, a pedido de Guardiola. Apesar de nunca ter se consolidado como titular, participou de inúmeras conquistas da equipe, como LaLiga, Champions League e Copa do Rei. Como o time tinha Piqué, Puyol e Mascherano à disposição, Bartra foi para o Borussia Dortmund. Atualmente, é o xerife da defesa do Betis.

Sergi Gómez: Sevilla, 26 anos, zagueiro

Participou da derrota do Barcelona no jogo de ida da da Supercopa da Espanha de 2010 contra o Sevilla. Em 2014, foi para o Celta de Vigo, onde jogou por quatro temporadas. Nesta temporada, foi contratado pelo Sevilla.

Oriol Rosell: Orlando City, 26 anos, meio- campista

Com o Sporting Kansas City, se tornou o primeiro jogador espanhol a ganhar a MLS. Antes de ir aos EUA, fez alguns jogos pelo Barcelona B e nunca chegou a participar de partidas pela equipe principal. Rodou por clubes de Portugal a partir de 2014 e este ano está no Orlando City.

Eduard Campabadal: Lugo, 25 anos, lateral- direito

Deixou a base do Barcelona para ir para o Wigan Athletc. Fez só um jogo na Premier League, com apenas 19 anos. Depois foi para o Córdoba B e subiu para o Córdoba. Ainda jogou no Mallorca. Atualmente, está no Lugo.

Robert Costa: Celta B, 24 anos, zagueiro

Jogou algumas partidas com o Barcelona B na segunda divisão espanhola. Foi emprestado ao Badalona e atualmente, aos 24 anos, joga no Celta B.

Roger Riera: Villarreal B, 22 anos, zagueiro

Ficou nas equipes de base do Barcelona até 2014, ano em que foi campeão da Youth League. Foi para o sub- 21 do Nottingham, passou pelo Celta de Vigo B e atualmente está no Villarreal B.

Carlos Blanco: Villarreal B, 22 anos, zagueiro

Largou a equipe de base do Barcelona para se juntar à garotada da Juventus. Particiou da pré-temporada com a equipe principal da Vecchia Signora e fez até gol. O clube italiano emprestou o jogador ao Lausanne-Sport e depois saiu de graça para o Gimnàstic. Ainda passou pelo Betis B antes de novamente sair a custo zero. Hoje, se encontra no Villarreal B.

Andreu Fontàs: Sporting Kansas City, 28 anos, zagueiro

Jogou a sua primeira partida de LaLiga com Guardiola em um Barcelona 3 x 0 Sporting, na temporada 2009/2010. Jogou seis partidas na primeira divisão no ano seguinte. Após se lesionar gravemente, foi para o Mallorca. Na sequência, foi comprado pelo Celta e ficou por cinco temporadas em Vigo. E nesta temporada foi para o Sporting Kansas City, dos EUA.

Xavi Quintillà: Villarreal B, 22 anos, lateral- esquerdo

Mais um campeão da Youth League de 2014 com o Barcelona B. Na temporada 2016/2017, foi emprestado ao Lleida. Depois, de graça, chegou para o Villarreal B, onde se encontra atualmente.

Juanma García: Liverpool sub-23, 21 anos, zagueiro lateral-esquerdo

Chegou a ser capitão do Juvenil A do Barcelona. Em agosto de 2016, com 19 anos, se transferiu para o Liverpool, onde está até hoje.

Marc Muniesa: Girona, 26 anos, zagueiro ou lateral-esquerdo

Uma das maiores promessas da sua época. Mas aí as lesões apareceram. Estreou na LaLiga com apenas 17 anos, com Guardiola, no jogo contra o Osasuna. Participou do jogo contra Bate Borisov, pela Champions League 2011/2012. Na sequência, rompeu os ligamentos do joelho. No final da temporada, foi de graça para o Stoke City. Depois foi emprestado Girona, que o comprou por 5 milhões de euros.

Brian Oliván: Cádiz, 24 anos, lateral-esquerdo

Largou as categorias de base do Barcelona em 2013. No mesmo ano, se juntou ao Braga, da Portugal, onde jogou apenas uma vez. Foi para o CSKA de Sofía, mas também não atuou. Passou por Valladolid B e Granada B. Está no Cádiz desde 2016.

Alejandro Grimaldo: Benfica, 23 anos, lateral- esquerdo

Fez sua estreia na segunda divisão da Espanha com a camisa do Barcelona aos 15 anos. Teve uma grave lesão na temporada 2012/2013 e acabou ficando parado por 11 meses. Em 2015, foi para o Benfica por 2 milhões de euros. Em Portugal, soma mais de 60 jogos disputados.

Fran Álvarez: Getafe, 22 anos, lateral-esquerdo

Foi eleito melhor jogador da LaLiga Promises em 2008. Foi para a base do Monaco após sair do Barcelona. Na sequência, chegou ao Granada B. Após alguns meses sem clube, atuou no La Roda e depois no Monterosi, da terceira divisão italiana. Em janeiro deste ano, Álvarez foi para o Vilafranca, mas só ficou até agosto. No momento, joga no Getafe B.

Oriol Romeu: Southampton, 27 anos, meio-campista

Chegou a ser considerado um dos futuros titulares do meio-campo do Barcelona, mas não evoluiu como esperado. Fez a sua estreia na equipe principal do clube catalão na Supercopa da Espanha de 2010. Pela LaLiga, jogou pela primeira vez contra o Deportivo La Coruña. Após a chegada de Mascherano, Romeu foi para o Chelsea por 5 milhões de euros. Foi bem com Villas-Boas, mas não com Di Matteo em Londres. Após ser emprestado a Valencia e Stuttgart entre 2013 e 2015, voltou à Inglaterra para jogar no Southampton, seu clube atual.

Patricio Gabarrón: Lazio, 25 anos, lateral-direito

Era meio-campista nas categorias de base do Barcelona, mas se consolidou como lateral-direito. Com 20 anos, foi importante para o Barcelona B na segunda divisão espanhola. Chegou a ser relacionado por Gerardo Martino, mas nunca jogou no profissional. Em 2015, a Lazio contratou Patric, que vai para a sua quarta temporada na Itália.

Wilfrid Kaptoum: Betis B, 22 anos, meio-campista

Chegou às categorias de base do Barcelona por meio da Samuel Eto'o Academy. Também ganhou a Youth League de 2014. Fez sua estreia na segunda divisão aos 18 anos. Jogou no time principal com Luis Enrique na Copa do Rei e na Champions League. Atualmente se encontra no Betis B, jogando a terceirona da Espanha.

Álex Corredera: Real Murcia, 22 anos, meio- campista

Começou na base do Barcelona e foi a custo zero para o Deportivo B. Após algumas temporadas, foi para o Almería B. Chegou a disputar três partidas na equipe principal no ano passado. Está no time profissional do Real Murcia desde julho deste ano.

Sergi Roberto: Barcelona, 26 anos, lateral- direito ou meio-campista

Um dos poucos que se firmaram na equipe principal do Barcelona. É o lateral-direito titular do time. Jogava no meio-campo com Guardiola, mas recuou para a o lado com Luis Enrique. Também faz parte da seleção espanhola.

Thiago Alcântara: Bayern de Munique, 27 anos, meio-campista

Um dos melhores meias do mundo. A pedido de Guardiola, o Bayern de Munique pagou 25 milhões de euros ao Barcelona para contratar o jogador. É quase sempre titular da seleção espanhola.

Rafael Alcântara: Barcelona, 25 anos, meio- campista

Faz parte do elenco atual do Barcelona e tem lutado por minutos em campo. Foi emprestado ao Celta durante a temporada 2013/2014, onde deixou uma boa impressão. Voltou ao clube catalão e teve bons momentos, mas foi atrapalhado por lesões. Estava na Internazionale e voltou este ano para a equipe de Ernesto Valverde. Quase saiu, mas acabou ficando no Barça.

Javier Espinosa: Twente, 26 anos, meia-atacante

Após várias temporadas na segundona espanhola com o Barcelona B, foi comprado pelo Villarreal. No Submarino Amarelo, jogou seis partidas de LaLiga. Na sequência, foi cedido primeiro ao Almería e ao depois ao Elche. Termina sendo contratado pelo Levante, mas emprestado ao Granada. Agora está no Twente.

Jordi Masó: Olot, 26 anos, meio-campista

Jogou apenas um ano na base do Barcelona. Estreou na segunda divisão espanhola aos 17 anos com o Girona e depois foi para o clube catalão. Chegou a jogar uma partida com o Time B, a pedido de Luis Enrique. Se consolidou no Llagostera, onde jogou seis temporadas. Está no Olot, da Catalunia, desde 2017.

Pepe Pelau: sem clube, 26 anos, meio-campista

Está desempregado desde dezembro de 2017, quando rompeu seu contato com o Eldense, equipe pela qual esteve durante um semestre. Antes, jogou com o Barcelona B na segunda divisão. Depois foi ao time filial do Villarreal, por onde jogou durante quatro temporadas. Ainda rodou por Cartagena, Jumilla, La Roda e Eldense.

Pol Calvet: sem clube, 24 anos, meio-campista

Teve uma breve passagem pelo Los Angeles em 2018, mas está sem time. Jogou a segunda divisão pelo Barcelona B, mas ficou muito tempo sem atuar por problemas nos músculos posteriores da coxa. Do Barça B foi ao Deportivo B e, de lá, para o Llagostera, por onde ficou uma temporada e meia. Chegou à Los Angeles após jogar pela Universidade de Pittsburgh.

Nando Quesada: Atlético Sanluqueño, 24 anos, meia-ofensivo

Após jogar pelo juvenil do Barcelona, assinou com o Ultrech, pelo qual entrou em campo apenas três partidas na Holanda, aos 20 anos. Do Ultrech, foi cedido ao Achilles'29, também na Holanda. Voltou à Espanha para atuar pelo Llagostera, onde jogou 16 partidas. Atualmente é do Elche e está emprestado ao Atlético Sanluqueño.

David Babunski: Omiya Ardija, 24 anos, meia- ofensivo

Estudioso, gosta de ler e escrever. Sua carta de despedida do Barcelona em 2016 viralizou. Também preocupado com problemas sociais, pediu para Piqué e Arbeloa pararem sua guerra de tuítes por ser uma má influência aos jovens. Jogou três anos pelo Barcelona B. De lá, foi ao Estrela Vermelha e pouco tempo depois estava numa aventura japonesa, jogando pelo Yokohama Mariners, e agora no Omiya Ardija.

Sergi Samper: Barcelona, 23 anos, meio-campista

Está no Barcelona, apesar de ser raramente lembrado por Ernerso Valverde. Estreou na equipe principal sob os cuidados de Luis Enrique, numa vitória por 6 a 0 contra o Getafe. Também já jogou Champions League. Soma 39 partidas pelo time principal.

David Zalzman: Universidad de Memphis, 22 anos, meia-atacante

Ficou no Barcelona por pouco tempo e logo foi para o Cornellá. Decidiu retornar para a Venezuela, onde nasceu, para jogar no Deportivo Anzoátegui. Agora atua no Memphis Tigers, da Universidad de Memphis.

Simón Colina: Radomiak Radom, 23 anos, meio- campista

Ficou no time juvenil do Barcelona entre 2007 e 2013. Deixou o clube catalão para jogar no Partick Thistle, da Escócia. Se mudou para o Nea Salamis, do Chipre, onde atuou até 2016. Atualmente está no Radomiak Radom, do futebol polonês.

Lionel Enguene: sem clube, 22 anos, meio- campista

Mais um campeão da Youth League de 2014. Após fazer 12 partidas com o Barcelona B, foi contratado pelo Antalyaspor, onde jogou meia temporada. Em 2016, chegou de graça ao Lugo. Depois, acabou emprestado ao Leixões. Está sem clube há mais um de ano.

Cristian Tello: Real Betis, 27 anos, atacante

Teve bons momentos na equipe principal e foi um jogador importante com Guardiola e Tito Vilanova, fazendo gols na LaLiga, Copa do Rei e Champions League. Perdeu espaço com Gerardo Martino. Foi emprestado ao Porto e depois para a Fiorentina. Está no Betis desde 2017, quando foi contratado por 4 milhões de euros.

Isaac Cuenca: sem clube, 27 anos, atacante

Após boas atuações no Barcelona B, Cuenca recebeu oportunidade de Guardiola na equipe principal. Foi titular em jogos de LaLiga, Champions League e Copa do Rei, Em maio de 2012, sofreu uma grave lesão e nunca mais voltou a jogar como antes. Em janeiro de 2013, foi emprestado ao Ajax, onde também se lesionou. Após encerrar contrato com o Barcelona, rodou por Deportivo La Coruña, Bursaspor, Granada e Hapoel Be'er Sheva. Está sem clube desde então.

Gerard Deulofeu: Watford, 24 anos, atacante

Fez sua estreia na equipe principal com Guardiola aos 17 anos. Tinha tudo para explodir no profissional, mas acabou não amadurecendo como esperado. Com a chegada de Gerardo Martino, foi emprestado ao Everton, que chegou a comprá-lo, e depois ao Sevilla. Ainda ficou meia temporada no Milan, onde se sagrou titular. Aprovado na Itália, Deulofeu volta ao clube catalão por 12 milhões de euros e começa a temporada bem com Ernesto Valverde, mas acaba novamente cedido, dessa vez ao Watford. No final das contas, é vendido ao clube inglês por 13 milhões de euros.

Cristian Herrera: UD Ibiza, 24 anos, atacante

Jogou no Barcelona B até 2013, quando deixou a equipe para ir ao Villarreal C. Ainda passou por Villarreal B, Pobla Mafumet, Gavà, Alzira e Castellón antes de chegar ao Ibiza, seu clube atual.

Iván Romano: Centre d'Esports Manresa, 23 anos, atacante

Atualmente joga no Centre d'Esports Manresa. Saiu da base do Barcelona para jogar Espanyol. Também passou pelo Santboià.

Maxi Rolón: sem clube, 23 anos, atacante

Campeão da Youth League de 2014 com o Barcelona e do Sul-Americano sub-20 de 2015 com a Argentina. Soma sete partidas na segunda divisão espanhola e mais 17 na terceirona. Encerrou seu contrato com o clube e vai para o Santos, onde pouco jogou. Volta para a Espanha para jogar novamente a Série B da LaLiga, agora com o Lugo. Depois vai para a Argentina, onde reforça o Arsenal de Sarandí. Ainda jogou no Coquimbo Unido, do Chile, antes de ficar sem clube.

Adama Traoré: Wolverhampton, 22 anos, atacante

Mais um que levou a taça da Youth League de 2014, fazendo parte do elenco ideal do torneio. Chegou a estrear na equipe principal quando Gerardo Martino era o treinador, com apenas 17 anos. Apesar de suas boas atuações no Time B do Barça, acaba saindo para o Aston Villa, que o contrata por 10 milhões de euros. Depois, vai para o Middlesbrough. Hoje, está no Wolverhampton, que o comprou nesta temporada por 20 milhões de euros.

Keita Baldé: Internazionale, 23 anos, atacante

Foi expulso da base do Barcelona por fazer uma brincadeira com um colega de time e colocar cubos de gelo na cama. Ele tinha 15 anos e, como "castigo", foi mandado para o Cornellá. Ao final do contrato, se recusou a voltar para o Barca e assinou com a Lazio. Por lá, acabou jogando no primeiro time e triunfando. Depois de um notável 2016/2017, foi vendido para o para o Monaco por 30 milhões de euros. Nesta pré-temporada, foi emprestado à Internazionale por 5 milhões, com opção de compra fixada em 30 milhões. Esteve na Copa do Mundo com Senegal, apesar de ter nascido da Espanha.

Jean Marie Dongou: Lugo, 23 anos, atacante

Em 2013/2014, jogou uma partida da La Liga com a equipe principal, uma de Copa (em que marcou) e outro jogo na Champions. Estreou na segunda divisão com o Barça B quando ainda tinha 16 anos de idade. Depois de se consolidar na equipe B, mas com poucas oportunidades no grupo principal, foi para o Zaragoza. Por lá, está há um ano e meio com desempenho muito irregular. Na última temporada, pelo Nástic, não marcou nenhum gol nas oito partidas em que atuou.

Sandro Ramírez: Real Sociedad, 23 anos, atacante

Sua estreia em partidas oficiais com o time principal não poderia ser melhor: o gol da vitória no El Madrigal. Na temporada do triplete de Luis Enrique, Sandro jogou sete partidas da La Liga, três de Champions e duas da Copa do Rei. No ano seguinte, jogou 10 vezes pelo Espanhol, três pela Champions e quatro na Copa. Sua enorme competência fez com que ele fosse para o Málaga, onde jogou sua melhor temporada como profissional. Em 2017, foi para o Everton, onde teve poucas chances. Depois, foi cedido ao Sevilla. Agora, está na Real Sociedad, emprestado pelos ingleses.

Tonny Sanabria: Real Betis, 22 anos, atacante

Na elenco catalão, chegou a jogar na segunda divisão com o Barça B. Estreou com 17 anos e, na metade do ano, conseguiu marcar três gols em 10 jogos. Depois, foi para o Sassuolo por cerca de 6 milhões de euros. Na temporada seguinte, pela Roma, jogou apenas dois jogos. Depois, relançou sua carreira no Sporting, onde fez 11 gols. Agora joga sua terceira temporada pelo Betis, mas acabou se machucando, apesar do ótimo começo.

Sergio Buenacasa: Real Mallorca, 22 anos, atacante

Deixou o clube ainda jovem para assinar pela equipe de base da Juventus. Após dois anos, mudou-se para o Deportivo Aragón, uma "filial" do Real Zaragoza. Pelos profissionais do Zaragoza, jogou quatro jogos em duas temporadas. No ano passado, chegou ao Barakaldo, onde marcou 14 gols. Neste verão, assinou com o Mallorca, mesmo após uma lesão que o deixou três meses fora, quando havia feito uma emocionante pré-temporada.