<
>

Sterling pede aumento de 'apenas' meio milhão de reais por semana para ficar no Manchester City

Ganhar quase um milhão de reais por semana parece não ser suficiente para o atacante Raheem Sterling, que está pedindo um aumento de meio milhão ao Manchester City, informa o portal inglês Times.

O atleta de 23 anos, que ganhar 175 mil libras (R$ 956 mil) semanalmente, pediu ‘apenas’ mais cem mil (R$ 546 mil), que já incluiria os seus direitos de imagem e todos os bônus.

A oferta ainda está abaixo do quanto ganha o colega belga Kevin De Bruyne, que chega a 342 mil libras (R$ 1,8 milhão).

Ainda segundo o portal, o clube inglês está usando uma abordagem baseada em incentivos, numa tentativa de não desafiar os regulamentos de fair play financeiro impostos pela UEFA. A oferta que estava na mesa não previa um aumento salarial até a próxima temporada, mas a equipe do jogador acredita que isso precisa ser imediato.

Sterling foi um dos principais nomes da equipe de Guardiola, demonstrando uma consistência que foi responsável pela campanha vitoriosa do City na Premier League, com 18 gols e 11 assistências, a melhor marca de sua carreira.

Mesmo não tendo feito uma boa Copa do Mundo pela Inglaterra, ainda houve algumas sondagens durante a janela de transferências no mês de julho, mas o jogador permaneceu no clube.

Na semana passada, o meia foi dispensado da seleção na Liga das Nações por sentir dores nas costas. Ele voltou para Manchester, onde fez alguns exames, e a expectativa é de que esteja à disposição da equipe contra o Fullham, neste sábado, pelo Inglês.