<
>

Longe dos holofotes, Carleto 'renasce' aos 28 anos e volta a dar Bola de Prata ao Coritiba

play
Bola de Prata 2017: Carleto é eleito o melhor lateral esquerdo do Brasileiro (2:16)

Defensor do Coritiba recebeu o prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet (2:16)

Certamente ninguém acreditaria se alguém dissesse no começo do ano que Thiago Carleto terminaria o Campeonato Brasileiro como o melhor lateral-esquerdo da competição.

Mas foi exatamente o que aconteceu!

O jogador surgiu como mais uma das grandes promessas das categorias de base do Santos e rapidamente foi negociado para o futebol europeu. Mas, também atrapalhado por lesões, acabou nunca vingando como se esperava.

No fim de 2016, Thiago Carleto até havia desanimado do futebol após uma desilusão em Portugal, sem receber o combinado do Arouca.

Incentivado pela mulher, resolveu continuar e disputou o Campeonato Paulista pelo Linense. Foi bem e ganhou a chance de voltar à elite do futebol brasileiro com o Coritiba.

E não desperdiçou a nova chance que teve, apesar do rebaixamento da equipe neste domingo.

Mesmo com apenas 20 partidas disputadas, ele marcou dois gols e deu incríveis oito assistências. Ele é o primeiro em passes para gol entre os laterais e o quarto no total no Brasileirão todo.

Carleto também é o melhor entre os jogadores de sua posição em cruzamentos certos e em passes que resultaram em finalizações entre os jogadores.

Por tudo isso, ele fez o Coritiba voltar a ganhar o Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet – a última havia sido em 2009, com Marcelinho Paraíba, curiosamente também a última vez que um time rebaixado conseguiu ser agraciado na premiação.

Fora isso, Carleto ainda se transformou no primeiro lateral da história do clube a conseguir o feito.